Moeda: Clima: Marés:
Início Empregos

Paraíba tem saldo positivo de 1.061 empregos, segundo Abracinov

Setores que mais geraram postos de trabalho foram o de Serviços (1.623) e Construção (245)
Campina Grande, Sine-PB, Emprego, Empregos
Foto: Imagem ilustrativa/Marcello Casal/Agência Brasil

Segundo relatório da Associação Brasileira para Competitividade e Inovação (Abracinov), com dados do Caged, a Paraíba encerrou o mês de março com um saldo positivo de 1.061 empregos. O documento também destaca que a geração de emprego no estado durante o período foi 35% menor do que março de 2021.

Os setores de atividade econômica que mais geraram postos de trabalho foram o de Serviços, com 1.623 novos empregos, relacionado em sua maioria a serviços Informação, comunicação, atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativos. Logo em seguida, vem o setor da Construção, com um saldo positivo de 245 empregos.

As maiores perdas de empregos foram registradas nos setores de Indústria, com
saldo negativo de 507 empregos, seguido do setor de comércio, com 216 empregos perdidos.

A pesquisa também destacou que o perfil das pessoas contratadas está concentrado nos indivíduos
que concluíram o ensino médio representando (921), sendo em sua maioria do sexo feminino (57%) e na faixa etária de 18 a 24 anos (62%).

João Pessoa

A capital registrou um saldo positivo de 684 empregos em março. No entanto, a geração de emprego nesse período foi 16% menor do que o mesmo período de 2021 e inferior ao mês de fevereiro de 2022 (854).

O setor de Serviços gerou 854 novos postos de trabalho, sendo o setor de atividade econômica de maior destaque. Em seguida, veio o setor de Construção, com 86 novos empregos.

O perfil das pessoas contratadas está concentrado nos indivíduos que concluíram o ensino médio representando (599), sendo em sua maioria do sexo feminino (54%) e na faixa etária de 18 a 24 anos (54%).

Campina Grande

Campina Grande encerrou o mês de março com um saldo positivo de 130 empregos. No entanto, observa-se que os resultados estão em queda desde o início do ano – a geração de emprego no trimestre foi 42% menor do que o mesmo período de 2021.

Quanto ao setor de atividade econômica de maior destaque, podemos evidenciar o de Serviços, gerando um volume de 351 novos empregos, seguido do setor da construção com um saldo positivo de 61.

O perfil das pessoas contratadas está concentrado nos indivíduos que concluíram o ensino fundamental, médio e superior, sendo em sua maioria do sexo masculino (55%) e na faixa etária acima dos 25 anos.

Palavras Chave

Empregos

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.