Início Geral

Paraíba vai ter Guarda Militar Temporária para cuidar da segurança do estado

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) criou a Guarda Militar Temporária, que tem como objetivo, ‘em caráter experimental, à execução das atividades típicas de policiamento ostensivo de segurança externa em estabelecimentos penais, socioeducativos e, excepcionalmente, em atividades especiais ou extraordinárias de interesse público no âmbito exclusivo da PMPB’.


Leia mais Notícias do Portal Correio


A medida foi divulgada na edição desta quinta-feira (17) do Diário Oficial do Estado e a contratação é de forma voluntária.

O voluntário que ingressar na GMT será denominado Guarda Militar Temporário, ficando sujeito ao cumprimento das normas disciplinares e administrativas em vigor na Polícia Militar.

O processo de recrutamento, seleção e capacitação da GMT ainda será autorizado pelo governador, mediante proposta fundamentada do Comandante-Geral, observado o limite máximo de 01 (um) Guarda Militar Temporário para cada 05 (cinco) integrantes do efetivo fixado em lei para a Polícia Militar.

Para entrar na GMT, o candidato deverá se submeter a um processo seletivo conforme edital, bem como preencher alguns requisitos, tais como: ser brasileiro nato ou naturalizado; ser do sexo masculino; estar em dia com as obrigações eleitorais; não ter antecedentes criminais ou policiais; achar-se em pleno gozo de seus direitos civis e políticos; ter idoneidade moral e conduta pregressa compatível com o cargo pretendido; ter concluído o ensino médio ou equivalente; ter altura mínima de 1,60 m; completar até 30 (trinta) anos de idade, no máximo, no ano da inscrição na seleção; entre outros.

Na publicação também consta que o Guarda Militar Temporário terá política salarial distinta dos demais integrantes da Corporação. A prestação do serviço voluntário e temporário terá duração de dois anos, podendo ser prorrogada por até dois anos, uma única vez.

Por fim, a decisão diz que a Polícia Militar poderá firmar convênios com Instituições de Ensino Superior, Públicas ou Privadas, para incentivar que o Guarda Militar Temporário curse o ensino superior ou equivalente.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.