Início Geral

Paraibana Bethe Correia vence americana no UFC 172 e continua invicta

A paraibana Bethe Correia venceu a americana Jessamyn Duke em luta do UFC 172, neste sábado à noite, em Baltimore (EUA). Natural de Campina Grande e radicada em Natal (RN), Bethe chega aos oito combates com vitórias e sem nenhuma derrota em sua carreira. Jessamyn tem agora três vitórias e uma derrota em seu cartel.

Foi uma luta dura e a americana aplicou três belas quedas na paraibana, mas a decisão dos juízes foi unânime, principalmente pela quantidade de golpes que conseguiu desferir no rosto e na perna esquerda da oponente.

No início do combate Jessamyn buscou mais o jogo, dominando o centro do octógono e sua maior altura, o que permitia a americana colocar chutes baixos e cliches com sua maior envergadura.

Aos poucos, Bethe foi se soltando na luta, porém encontrava dificuldade para conectar os primeiros golpes, quando encaixava, levava perigo diante de sua oponente.

No segundo round Correia voltou com tudo para o duelo, com mais velocidade e foi logo tratando de colocar Jessamyn com as costas na grade e, na sequência, aplicou a queda já na posição de meia guarda e passou a encaixar alguns socos e joelhadas.

Na sequência, Duke conseguiu se livrar da posição e foi buscando uma finalização contra Bethe, que defendeu muito bem.

Na trocação as duas conseguiam golpear muito bem o rosto até o final do assalto.

No terceiro e decisivo round do UFC 172 as lutadoras voltaram com tudo dispostas a vencerem o duelo de qualquer maneira. Bethe veio com mais contundência e passou a acertar diversos golpes diante de Jessamyn tanto na linha de cintura quanto no rosto.

Enquanto isso, Jessamyn parecia mais cansada, porém aproveitava toda sua envergadura para encurtar a distância e acertar não só com socos como também com alguns chutes baixos.

No minuto 1’40”, Jessamyn foi aplicar a queda, mas a brasileira acabou invertendo a posição e se livrou da posição incômoda.

No final do round as duas foram para a trocação, mas a luta foi decidida mesmo pelas mãos dos árbitros que decretaram a vitória para Bethe Correia.

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.