Shoppings

Novas eleições

#SouRepórterCorreio

TV Correio

Parente, Corpo
Professora foi encontrada morte dentro de um apartamento em São Paulo (Foto: Reprodução / Facebook)

Corpo de paraibana morta em SP chega nesta quarta

Professora Lanininha estava morando em São Paulo, junto com um companheiro, e foi encontrada morta na noite dessa segunda-feira, dentro de um apartamento.

362
COMPARTILHE

O corpo da professora paraibana Francilânia Ribeiro Pinheiro, de 41 anos, popularmente conhecida como ‘Laninha’, vai chegar ao município de Santa Helena por volta das 21h30 desta quarta-feira (7).

Leia também: Parente revela detalhes de como paraibana foi achada morta

Ao Portal Correio, uma familiar da vítima informou que o avião trazendo o corpo de Laninha saiu de São Paulo por volta das 15h15 desta quarta e deve pousar no aeroporto de Juazeirodo Norte, no Ceará, às 18h15. Em seguida, o corpo segue de carro para Santa Helena.

“A funerária nos informou que o corpo deve chegar aqui em Santa Helena por volta das 21h30. Assim que chegar daremos início ao velório. O sepultamento vai ocorrer a partir das 8h desta quinta-feira (8)”, informou a familiar da vítima.

O crime

A professora Lanininha estava morando em São Paulo, junto com um companheiro, e foi encontrada morta na noite dessa segunda-feira (5), dentro de um apartamento.

Segundo a familiar da vítima, pessoas da cidade de Santa Helena, que trabalhavam com o casal, perceberam a ausência dos dois durante toda a segunda-feira, e decidiram manter contato com o porteiro do prédio para saber o que tinha acontecido.

Após conseguirem telefonar para a portaria do prédio, os funcionários foram informados que a última vez que o casal havia sido visto junto foi na noite do domingo (4). “O casal chegou ao prédio na noite do domingo e os vizinhos relataram ter ouvido uma discussão entre os dois, mas como aquilo já era uma rotina, não deram muita importância”, contou.

A familiar disse também que o porteiro viu o esposo da vítima bater em dois veículos que estavam estacionados ao deixar o prédio de carro por volta das 21h30.

Ela afirmou que o corpo da professora só foi encontrado na segunda à noite após o porteiro ir até ao apartamento e perceber que a porta do imóvel não estava fechada com a chave. “Quando o porteiro entrou no apartamento a viu totalmente despida e com uma faca enfiada no pescoço”, disse.

Paraibana deixa filha

De acordo com Isadora, Laninha tinha uma filha adolescente, fruto de um outro relacionamento amoroso.

Laninha disputou eleições de 2012

Em 2012, Laninha disputou uma das vagas na Câmara Municipal de Santa Helena pelo PSDB, mas não foi eleita. Na oportunidade, ela terminou o pleito na condição de suplente após obter 104 votos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias mais lidas