Paraibano toma posse na chefia da Procuradoria Especializada do Cade

165
COMPARTILHE

O advogado paraibano Walter de Agra Júnior foi empossado, na tarde desta terça-feira (3), no cargo de procurador-chefe da Procuradoria Federal Especializada junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), vinculado ao Ministério da Justiça. A posse ocorreu no gabinete do presidente do Cade, Alexandre Barreto de Souza, na sede do órgão em Brasília.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Walter Agra foi nomeado para o cargo no último dia 26 pelo presidente da República, Michel Temer. O advogado paraibano teve o nome aprovado para o cargo pelo Senado no dia 19, após ser sabatinado pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

As primeiras medidas que tomou, após assumir o cargo, foram as de finalizar a equipe de trabalho e se inteirar sobre as pendências da procuradoria do órgão. Ele afirmou que irá atuar com independência e observância dos preceitos legais.

O advogado revelou que está ciente da responsabilidade, porque ao contrário do Conselho Nacional do Ministério Público (CNM), onde ele está encerrando sua segunda gestão e onde vinha atuando como julgador, agora passou a atuar como advogado, junto a grandes grupos empresariais e lidar diariamente com a análise de acordos de leniência formulados por eles.

Currículo

Paraibano de Campina Grande, Walter de Agra Júnior é graduado em direito pela Universidade Estadual da Paraíba e é mestre em direito processual pela Universidade Católica de Pernambuco. Foi conselheiro do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), entre 2010 e 2016, e do CNMP de 2013 a 2017 e foi assistente parlamentar do ex-senador Cícero Lucena (PSDB). É professor da Universidade Federal da Paraíba.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos
vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à
Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas