Início Esportes

Paraibanos se reúnem para acompanhar estreia do Brasil na Copa

Famílias e amigos se reuniram na tarde deste domingo (17) para assistirem ao primeiro jogo do Brasil na Copa do Mundo da Rússia. A estreia contra a Suíça foi um termômetro que mostrou que muitos torcedores ainda estão desconfiando da atuação da seleção, o que acabou sendo reforçado após o empate em 1×1.

Leia também: Zaga e VAR falham e Brasil empata com a Suíça na estreia da Copa

Um dos torcedores que acredita que desta vez o hexa do Brasil vem é o professor Willis de Lima. “Estou confiante que vamos ganhar a Copa do Mundo desta vez. Só precisa melhorar a defesa, que está deixando a desejar”, comentou.

Outra torcedora que acredita que o Brasil vai chegar à final do Campeonato Mundial é a dona de casa Josélia Feitosa, que estava com amigos e familiares no restaurante Picuí Praia. “Tenho certeza de que o Brasil vai ganhar a Copa”, disse. A aposentada Cecília Munari, que também estava no local, concordou. “Essa Copa é nossa”, afirmou.

Já o aposentado Tadeu Costa está no time dos que ainda precisam ser convencidos pela performance dos jogadores da seleção brasileira. “Não sei se o Brasil vai ganhar. Tenho de ver os próximos jogos”, afirmou.

Família e amigos na torcida

O militar Júlio César do Nascimento recebeu amigos e familiares na casa onde mora, no bairro do Valentina, Zona Sul de João Pessoa, para torcer pelo Brasil neste primeiro jogo da seleção na competição.

“Por causa da campanha anterior, o brasileiro tende a não acreditar na seleção. Mas, somos brasileiros e temos de ter fé que podemos chegar à final. Não posso dizer que vamos ganhar a Copa porque ainda temos muitos jogos, mas a seleção está boa e pode chegar à semifinal”, afirmou o militar.

A enfermeira Lívia Santos foi quem armou a festa em casa para assistir à estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo 2018. “Chamamos amigos e familiares e cada um trouxe comida e bebida para juntos torcermos pelo Brasil. Ainda é cedo para dizer se a seleção pode levar esta Copa”, afirmou.

Campina Grande

A estreia do Brasil na Copa do Mundo na Rússia reuniu muito verde e amarelo e lotou bares e restaurantes em Campina Grande. A expectativa, claro, era de uma vitória para o Brasil. O clima geral da torcida era de uma vitória apertada, mas o que ninguém esperava, ou o que poucos apostaram nos bolões, era que o placar terminaria empatado.

Um dos locais que praticamente ficou lotado de torcedores foi a Praça de Alimentação do Partage Shopping.

“O Brasil entrou em campo com a responsabilidade de ganhar para fazer. Os brasileiros esquecerem o último jogo em uma Copa contra a Alemanha e o fatídico 7 a 1. O jogo foi duro, pois a Suíça precisava vencer para criar a expectativa de passar de fase. Meu palpite era para um jogo apertado com vitória do Brasil por 2 a 1, mas parece que não deu né”, disse Nagib Gomes da Costa.

Alguns torcedores também sentiram falta de jogadas ofensivas de Neymar. “O jogo foi bem disputado e emocionante. Coração ficou um pouco mais apertadinho com o empate da Suíça, mas faz parte né. Achei que até o início do segundo tempo o Brasil se destacou e estava confiante em um 2 a 1. Mesmo sem acontecer, também senti um pouquinho de falta do Neymar, mas foi só a primeira partida e acredito que nas próximas ele aparecerá mais”, opinou Brenda Brito.

Uma das grandes chateações do torcedor foi a não utilização do árbitro de vídeo para o gol, aparentemente impedido da Suíça e para o pênalti não marcado em cima de Gabriel Jesus.

“Fico um pouco decepcionado por querer a vitória do Brasil, mas tranquilo, pois sei que vamos ter outros jogos. Esse jogo provavelmente é o mais difícil da primeira fase. Sobre os lances polêmicos, olha, eu acho que foi só um lance, aquele do gol que achei que foi falta em cima de Miranda, mas infelizmente acontece. Aconteceram falhas em outros jogos também. Sabemos da falha, mas dava pra o Brasil ter ganho apesar disso”, opinou Iran Silva.

* Com Celina Modesto e Renata Fabrício, do Jornal Correio da Paraíba

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.