Início Notícias

PB tem 53 negros assassinados por ano a cada 100 mil habitantes

Por ano, na Paraíba, é registrada uma média de 53 assassinatos de negros por 100 mil habitantes. O estado apresentou um crescimento de 53,5% entre 2006 e 2016, de acordo com o Atlas da Violência divulgado nesta terça-feira (5) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Em 10 anos, a Paraíba registrou 526 homicídios. Os dados trazidos pelo Atlas da Violência 2018 atualizam o cenário de desigualdade racial em termos de violência letal no estado.

A cada 100 mil habitantes, 30 negros foram assassinados em 2006. Já em 2016, em 100 mil habitantes, 46 homicídios foram registrados, sendo uma média de quatr negros mortos por mês a cada 100 mil habitantes, neste ano. Em 2015, o índice era maior. Foram registrados 52 negros mortos a cada 100 mil. De 2015 até 2016, houve uma queda de 11,1% na taxa de homicídios.

Não só na Paraíba, mas em todo o Brasil percebe-se que a desigualdade racial se expressa de modo claro no que se refere à violência letal e às políticas de segurança. Segundo a mesma pesquisa, os negros são também as principais vítimas da ação letal das polícias e o perfil predominante da população prisional do Brasil.

Diante desse cenário, políticas eficientes de prevenção da violência devem estar em evidência em toda a sociedade, garantindo o efetivo direito à vida e à segurança da população negra no Brasil.

Comentários

  • Felipe disse:

    Contaram quantos “brancos” também são assassinados no mesmo período? Gostaria de saber também quais os critérios adotados para dizer quem é “negro” e quem é “branco”.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.