Início Geral

Pe?a que conta hist?ria de Jackson do Pandeiro ? encenada em JP e Cabedelo

O espetáculo Ópera do Pandeiro, do grupo de teatro Bichoderuma, fará duas apresentações em João Pessoa e Cabedelo neste mês de fevereiro. Na Capital, será nesta sexta-feira (19) e sábado (20), às 20h, no Teatro Lima Penante, e em Cabedelo, acontecem, no mesmo horário, nos dias 26 e 27, no Teatro Santa Catarina. Com texto de Mizael Batista, que também assina a direção com Genário Dunas, e produção de Valdir Santos, o espetáculo narrativo poético-musical retrata o nascimento, obra, vida e morte do músico paraibano Jackson do Pandeiro, o Rei do Ritmo.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

A Ópera do Pandeiro começa como um auto de natal paraibano para contar o nascimento do menino José, o Jackson do Pandeiro, na cidade de Alagoa Grande, passando então para um guerreiro aboiador e sua narrativa cordelesca, um profeta que anuncia o predestinado, brincantes, bujões e muita celebração para a chegada do menino.

O pós-nascimento mostra as suas passagens, a começar pelo presságio de uma cigana, a primeira escola de Jackson, na feira com sua mãe Flora Mourão, o Eldorado em Campina Grande, a rádio Tabajara em João Pessoa, a explosão do seu primeiro sucesso em Recife e a culminância no Rio de Janeiro.

“A peça, que encena o nascimento e vida, propõe uma boa viagem para eternizar na lua conforme um de seu sucesso. A encenação, que é feita ao vivo por atores, dançarina e cantora, vislumbra a autenticidade regional, uma linha autoral com artistas locais e letras eternizadas por Jackson e seu ritmo diversos”, destaca o diretor Mizael Batista.

Para o produtor Valdir Santos, com cenários práticos e adereços diversificados, o espetáculo resgata não apenas a trajetória do rei do ritmo, mas também a cultura nordestina com elementos regionais, além dos brincantes.

“O objetivo da montagem da Ópera do Pandeiro é proporcionar ao público uma vivência da vida e obra do ícone da música brasileira, Jackson do Pandeiro. Visibilizar essa originalíssima produção cultural, autêntica expressão paraibana, é o que pretende a produção deste projeto através de apresentações itinerante, destaca.

O projeto foi selecionado nos Editais 2015 do Fundo de Incentivo à Cultura Augusto dos Anjos (FIC). Tem patrocínio da Secretaria de Estado da Cultura, da Fundação Nacional de Artes (Funarte) e do Ministério da Cultura. A direção musical é de Jozam Domingos; coreografia, Adalberto Fernandes; cenografia, Leonardo Macedo; contrarregra, Carlos Roberto e iluminação, Nilson Silva.

No elenco estão Isaias Vicente, Leidgan Araújo, Chris Mauricio, Ângela Beijo, Mylene Martins, Jozam Domingos, Honorato Irmão, Claudio Correia, Shilon Gama. Os músicos são Honorato Irmão (sanfona), e Jozam Domingos (violão). No vocal estão Ângela Beijo e Jozam Domingos. O espetáculo tem ainda as participações especiais de Luciana Oliveira, Marcus Vinicius, Allcemy Araujo e Grupo de Teatro e Dança Creusa Pires.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.