Período frio e chuvoso começa no Litoral da Paraíba e deve seguir até julho

41
COMPARTILHE

As chuvas registradas na região do Litoral paraibano desde abril poderão continuar oficialmente até o mês de julho. A previsão é da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) que tem expectativa de uma média de 23°C para temperaturas máximas na região litorânea, o que representa uma queda de até 2°C na média histórica.

Leia também:


* Novo fenômeno atmosférico poderá aumentar frequência de chuvas na PB este ano;


* JP registra chuvas 22% acima da média mensal e poderá ter mais; Aesa explica

De acordo com Alexandre Magno, meteorologista da Aesa, as chuvas registradas até o início do mês de junho na região do Litoral são consideradas acima da média para o período e a expectativa é de que elas continuem.

Leia mais Notícias no Portal Correio

“O período chuvoso do Litoral começou em maio e o que temos registrado são chuvas acima da média na região. Elas devem continuar com essa mesma regularidade dos último 60 dias até o mês de julho, que é quando termina esse período mais chuvoso. Com isso, teremos uma diminuição entre 1°C e 2°C na temperatura média, deixando um clima mais frio”, contou Alexandre Magno.

Ainda segundo o meteorologista, as chuvas poderão continuar com regularidade também em agosto, que é o período que antecede a primavera e pode trazer mudanças.

“Até agosto a tendência é de temperaturas amenas e clima frio, com a temperatura mínima ficando na média dos 20°C ou 22°C e a máxima atingindo a média dos 23°C. Após agosto, inicia-se o período da primavera e deveremos ter algumas mudanças”, afirmou o meteorologista.

Tempo seco em parte do interior

Nas regiões do Agreste e Brejo, Alexandre Magno contou que elas devem seguir o mesmo padrão de chuvas e temperaturas registradas no Litoral. No Sertão, que teve o período chuvoso encerrado, a situação deve ser de estiagem e poucas chuvas.

“No semiárido e Sertão praticamente se encerrou o período chuvoso. Daqui para frente as chuvas devem ser esparsas e fracas, com alguma contribuição pequena na recarga dos açudes”, concluiu Alexandre Magno.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas