PM
Medida consta em edição do DOE (Foto: Reprodução)

PM é expulso da corporação após matar suspeito na PB

Cabo havia recebido pena de 13 anos de reclusão pelo crime. Em outra ação penal, no ano de 2015, ele foi condenado a mais um ano e nove meses de reclusão

2098
COMPARTILHE

Um policial do 2º Batalhão de Polícia Militar da Paraíba (PM), em Campina Grande, foi expulso da corporação pela acusação de ter matado um suspeito de tentativa de homicídio em 2009, no Sítio Serrote Preto, em Fagundes, e por má conduta.

O cabo havia recebido pena de 13 anos de reclusão pelo crime. Em outra ação penal, no ano de 2015, ele foi condenado a mais um ano e nove meses de reclusão. O documento em que consta esse decreto foi postado nesta quinta-feira (17), na página 4 do Diário Oficial do Estado.

Na publicação também consta que o policial teria praticado diversas transgressões de comportamento. “Visto que o mesmo ao ser submetido ao Conselho se encontrava no MAU comportamento em razão de varias transgressões disciplinares por ele cometidas, capituladas no Regulamento Disciplinar da PMPB, das quais resultaram em diversas punições disciplinares enquadradas como repreensões, detenções e prisões”.

O cabo é natural de Piancó e servia à Polícia Militar desde 1989. No crime cometido em Fagundes, quando ainda prestava serviço, ele atendeu uma ocorrência de tentativa de homicídio que foi realizada com arma branca. Ao localizar o suspeito, o policial disparou um tiro que resultou na morte do homem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas