P?mela B?rio poder? prestar esclarecimento na Comiss?o da Mulher da ALPB

26
COMPARTILHE

A deputada estadual, Camila Toscano (PSDB), disse nesta terça-feira (9) que a Comissão da Mulher na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) está à disposição da ex-primeira-dama do Estado, Pâmela Bório, caso ela necessite de apoio. “Estamos à disposição dela e de qualquer mulher que se sinta ameaçada, coagida e que não encontre na polícia ou na justiça o apoio necessário”, disse.

Leia mais notícias de Política do Portal Correio

A presidente da comissão, após ser provocada em plenário sobre a posição que iria adotar, afirmou que não fará a convocação de Pâmela Bório, mas se ela quiser ir à Assembleia de livre espontânea vontade, a Comissão vai estar de portas abertas para escutá-la e defendê-la. “Não podemos forçar ninguém a comparecer, mas se ela precisar de auxílio estamos à disposição”, disse.

Pâmela Bório acusou o governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), de utilizar a influência do cargo para prejudicá-la. Ela alega ainda que foi vítima de violência doméstica e que vem sofrendo violência psicológica. As declarações foram dadas após Pâmela ter sido levada à delegacia, no início da noite da última segunda-feira (8), para prestar esclarecimentos, depois de ter sido acusada de agredir a ex-babá do seu filho.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas