Início Notícias

PMJP recolhe 168 mil toneladas de entulho e alerta para risco de doenças

A Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) recolheu, durante o ano passado, quase 168 mil toneladas de entulho em João Pessoa. O material recolhido é fruto do descarte inadequado feito em terrenos, canteiros e leitos de rios.

Leia também: PB tem 10 casos de meningite em 2019; veja cuidados

Além de provocar o entupimento de bueiros e galerias pluviais, a prática de jogar lixo em locais inadequados contribui para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e do zika vírus.

Entulho contribui para surgimento de doenças

No período de chuvas também aumenta a preocupação do descarte de lixo com relação à proliferação de animais vetores de doenças, como como ratos, baratas e o surgimento de doenças como leptospirose, dengue, chikungunya e zika. O lixo é um dos principais responsáveis, sendo, por exemplo, criadouros perfeitos para o Aedes aegypti.

Alô Limpeza

A população pode solicitar a limpeza de terrenos ou pontos de lixo ligando para 0800 083 2425 ou 3214 7628. Ao receber a demanda, um fiscal vai ao local para realizar uma vistoria técnica e verificar de quem é a propriedade, qual o tipo de equipamento necessário, bem como a quantidade de agentes necessários para a execução da limpeza do local.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.