Início Geral

Pol?cia acha esconderijo de quadrilha que assaltou Correios e matou gerente

Uma ação conjunta das polícias de São Bento e de Catolé do Rocha, no Sertão do Estado, a 375 quilômetros de João Pessoa, localizou na tarde desse domingo (27) uma casa em reforma que seria o esconderijo de uma quadrilha que assaltou a agência dos Correios do município de Patu, no Rio Grande do Norte, e teria matado o gerente da agência, além de balear um policial militar na quinta-feira (24).

No esconderijo, que fica no município de Paulista, os policiais encontraram um veículo, dois rádios de comunicação, uma touca ninja, um carregador de de pistola Glock .380, um porta munições e ainda um equipamento utilizado para bloquear sinais de satélite de rastreamento de veículos e cargas.

De acordo com a Polícia Civil de São Bento, um dos quatro bandidos que assaltaram os Correios de Patu, morreu em confronto com a Polícia. Trata-se de Samarone Pereira de Carvalho, de 38 anos, que era fugitivo da Justiça do Rio Grande do Norte. Outros três assaltantes conseguiram fugir e continuam foragidos.

A Polícia acredita que os fugitivos sejam paraibanos e que o grupo teria usado a casa para se encontrar e planejar o assalto aos Correios de Patu.

O assalto

O assalto à agência dos Correios de Patu aconteceu na quinta-feira (24). O gerente dos Correios, Arnir Praxedes, de 55 anos, teria sido abordado por quatro homens armados, que estavam em um carro, no momento em que se dirigia à agência.

No momento em que realizavam o assalto, os  bandidos foram surpreendidos pela polícia.

Numa troca de tiros, o gerente foi baleado e morreu antes de receber atendimento médico. Um policial militar também foi atingido por disparos e foi levado para um hospital de Mossoró, também no Rio Grande do Norte.

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.