Moeda: Clima: Marés:
Início Policial

Polícia prende delegado na Paraíba suspeito de cobrar vantagem indevida e se apropriar de bens apreendidos

Investigação durou aproximadamente três meses e constatou crimes, culminando com o mandado de prisão
Material apreendido durante a operação (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um delegado da Polícia Civil da Paraíba foi preso nesta terça-feira (14), na cidade de Teixeira, no Sertão do estado, suspeito de cobrar vantagem indevida e de se apropriar de bens apreendidos quando da lavratura de autos de prisão em flagrante. A prisão ocorreu durante a ‘Operação Fianza’, da própria Polícia Civil, que agiu através da 3ª Superintendência Regional e 15ª Delegacia Seccional, ambas sediadas em Patos, com finalidade de dar cumprimento a mandado de prisão preventiva e mandados de busca e apreensão expedidos pela Comarca de Teixeira.

Segundo a polícia, a investigação, que durou aproximadamente três meses, constatou a prática dos crimes, o que culminou com a expedição de mandado de prisão contra o delegado e decretação de medidas cautelares diversas da prisão contra advogados, além da expedição de mandados de busca e apreensão para as residências deles e para as das pessoas beneficiadas pelos crimes.

Também se constatou que dois advogados atuantes em Teixeira participaram de negociações espúrias com o delegado, tendo ambos oferecido dinheiro ao delegado para que clientes fossem beneficiados.

Ainda conforme a Polícia Civil, o delegado, cuja identidade não será revelada por causa do segredo de Justiça imposto ao processo, abordava os presos, parentes e advogados para que lhe pagassem algum valor indevido com a intenção de baixar o valor a ser pago a título de fiança, o que configura o crime de corrupção passiva.

O delegado seccional de Patos, Yuri Givago, informou que foram cumpridas todas as ordens emitidas pela Justiça. Ele acrescentou que o delegado será custodiado na Central de Polícia de João Pessoa, à disposição da Justiça.

Palavras Chave

InteriorPolicial

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.