Início Geral

Polícia usa drone e prende suspeito de chefiar tráfico em comunidade na Capital

A Polícia Militar prendeu, nesta quarta-feira (23), suspeito apontado como chefe do tráfico de drogas na comunidade Jardim Itabaiana, no bairro do Cristo Redentor, na Zona Oeste João Pessoa. A prisão aconteceu após ação intensificada, ocupação da polícia na região e utilização de um drone (veículo aéreo não tripulado) para captação de imagens e levantamento de informações.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo a PM, ao perceber a ação dos policiais, o homem tentou fugir pelos telhados das residências, pulando os muros das casas, mas acabou sendo detido. Na imagem destacada nesta matéria é possível ver o suspeito tentando fugir pelo telhado de uma casa.

Com ele, foram encontradas 21 porções de substância semelhante à cocaína, 15 pedras de substância semelhante ao crack, um tablete de substância semelhante à maconha, além de balança de precisão, sacolas para embalar drogas, celulares e dinheiro.

O suspeito tem passagem pela polícia por posse ilegal de arma de fogo e foi encaminhado para delegacia da Polícia Federal.

Tecnologia no combate ao crime

A utilização de drones pela Polícia Militar tem auxiliado nas ações de prisão de fugitivos, cumprimentos de mandados, apoio aéreo em atividades de risco e fiscalização contra crimes ambientais. As ações desta quarta-feira foram realizadas pelo Regimento de Polícia Montada, Força Tática e pela Companhia de Cães, do Batalhão de Operações Especiais (BOPE).

Material apreendido com o suspeito detido

Foto: Material apreendido com o suspeito detido
Créditos: Divulgação/Secom-PB

 

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos
vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à
Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.