Policiais denunciam irregularidades na elei??o de Clube da PM e Bombeiros da Para?ba

11
COMPARTILHE

A eleição para a diretoria do Clube dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar da Paraíba teve seu primeiro capítulo nas páginas policiais. A chapa ‘Renovação e Democracia’ registrou um boletim de ocorrência denunciando supostas manobras da atual gestão, que, segundo o coronel José Ronildo, está no cargo há cerca de 20 anos. A eleição está marcada para ocorrer no dia 17 de novembro deste ano.

Leia mais Notícias do Portal Correio

Em contato com o Portal Correio, o coronel José Ronildo – que disputa a presidência de entidade – relatou que prestou queixa na 10ª Delegacia Distrital, no bairro de Tambáu, na Capital, para que sejam investigados possíveis problemas no processo eleitoral do Clube dos Oficiais. Segundo ele, o registro de sua chapa não possível sob alegação do edital não ter sido publicado.

“Provamos que o edital foi publicado no dia 5 de novembro deste ano. A partir da publicação, os candidatos têm seis dias para registrar as chapas. Fui no domingo (8), mas não consegui registrar nossa chapa sob alegação da não publicação do edital. Contestei, mas foi em vão. Para nos resguardar e pela transparência do processo, decidimos registrar a queixa na Polícia Civil”, falou o candidato.

Em contato com o Portal Correio, o coronel Francisco de Assis, atual presidente do Clube dos Oficiais, disse que a inscrição da chapa do coronel José Ronildo não foi feita no domingo por falta de documentações.

“Realmente ele esteve aqui e, até onde consta, ele estava com os documentos incompletos e por isso não pôde fazer a inscrição. Na segunda pela manhã ele retornou, conversei com ele e com membros da chapa dele, e solicitei que ele fizesse a inscrição, mas ele disse que ainda faltavam assinaturas de membros da chapa em documentações. Ele conseguiu reunir a assinatura que faltava e realizou a inscrição da chapa sem nenhum problema na tarde da segunda-feira”, disse o coronel.

Ainda segundo o coronel Francisco de Assis, o registro de um Boletim de Ocorrência (B.O.) em um caso como este é lamentável. “No domingo ele faltou com documentos e na segunda ainda faltavam assinaturas. Então lamentamos o registro de um B.O. em um caso como este”, concluiu.

Veja o boletim de ocorrência:

Boletim de ocorrência foi registrado na 10ª DD

Foto: Boletim de ocorrência foi registrado na 10ª DD
Créditos: Divulgação

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas