Início Geral

Políticos lamentam morte de Jota Júnior e CG decreta luto de três dias; vídeos

Hoje a Paraíba perde um grande homem, pai de família, filho, irmão e um excelente comunicador. Jota Júnior lutou muito sem nunca perder a esperança e a fé em Deus. Que siga em paz!”, disse o deputado.Políticos da Paraíba lamentaram, nesta segunda-feira (24), a morte do apresentador de televisão e ex-prefeito de Bayeux Jota Júnior, ocorrida durante a madrugada, em Belo Horizonte, Minas Gerais. 

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

“Meus pêsames à família, amigos e à comunidade de Bayeux. Jota Júnior deixa um grande vazio na vida pública da Paraíba”, destacou o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, lembrando que Jota era natural de Campina Grande. Por decreto, Romero estabeleceu luto oficial de três dias na cidade.

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) disse que a Paraíba amanheceu triste com a morte de Jota Junior, “um dos mais talentosos comunicadores da Paraíba”. Cássio definiu o radialista como alguém “humano e talentoso”. “Era temente a Deus e lutou pela vida com a fé dos que creem. Sem jamais desistir, lutou até o fim o que o tornou ainda maior, disse o senador.  

O prefeito de Bayeux, Berg Lima, também decretou luto oficial de três dias na cidade. “Manifesto o nosso profundo pesar pelo falecimento do ex-prefeito e prestamos nossas condolências à família e amigos. Que Deus dê força para que eles superem este momento de perda”, disse Berg Lima. 

O prefeito de João
Pessoa, Luciano Cartaxo, também lamentou a morte de Jota Júnior. Ele destacou
os serviços prestados por Jota em veículos de comunicação na Paraíba e no
Ceará. “Meus profundos sentimentos e minha solidariedade à família, aos
admiradores e aos amigos desse mestre da comunicação que parte hoje deixando
uma lacuna nos nossos corações e nos programas radiofônicos e televisivos da
Paraíba”, escreveu Cartaxo, em uma rede social.

A Câmara Municipal de João Pessoa também divulgou nota expressando pesar pela morte de Jota Júnior. 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gervásio Maia (PSB), recebeu com pesar a notícia do falecimento de Jota Júnior. Segundo ele, Jota carregava o jornalismo no sangue, com a capacidade de reportar fatos sobre os temas da política e sociedade em um texto escorreito, digno dos jornalistas que nasceram com a alma intrinsecamente ligada com a profissão que escolheram. “Que Deus conforte o coração dos amigos e familiares”, disse.

O presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, externou pesar pelo falecimento do comunicador. “Perdemos um grande profissional, que durante anos entrou nos lares paraibanos levando informação com sua alegria e seu jeito peculiar de fazer televisão. Jota ainda tinha muito a contribuir com a imprensa paraibana quando foi afastado pela doença e agora nos deixa de forma precoce. Nossa solidariedade à família”.

Para o deputado federal Benjamin Maranhão (SD-PB), Jota parte deixando muitas lições de amor, amizade, profissionalismo, ética e humanidade. “Lamentamos muito a morte de Jota Júnior que se foi de uma forma precoce. A Paraíba perde um dos seus maiores comunicadores”, disse. 

O deputado federal, Wilson Filho (PTB-PB), também lamentou a morte do radialista, e lembrou que a Paraíba e a comunicação perdem um grande homem e profissional. “Hoje quero prestar todo meu apoio a família, amigos e admiradores de Jota Júnior e dizer que lamento muito sua partida. Pedimos a Deus que conforte o coração de todos neste momento de dor”, disse.

De acordo com o deputado estadual, Jutay Meneses (PRB), Jota Júnior será sempre lembrado pelo profissionalismo, honestidade, inteligência, competência e sensibilidade para lidar com as adversidades e conflitos humanos. ” Hoje a Paraíba perde um grande homem, pai de família, filho, irmão e um excelente comunicador. Jota Júnior lutou muito sem nunca perder a esperança e a fé em Deus. Que siga em paz!”, afirmou.

Para o deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB), a Paraíba perde o talento e a seriedade do apresentador, que deixa um legado para a comunicação paraibana. “Jota Júnior desbravou o radiojornalismo do nosso Estado ainda no Sertão. Lá ele fez escola e fez sucesso, e logo veio para João Pessoa, onde além de atuar no rádio, passou para a televisão também, quando ganhou ainda mais notoriedade. Sua história de vida profissional ficará marcada na comunicação da Paraíba”, destacou.

Assim que tomou conhecimento da morte de Jota Júnior, o empresário e suplente de senador, Deca do Atacadão, destacou antes de tudo a capacidade de fazer amigos de Jota Junior. “Não conheço quem tem algo contra ele, pois além de talentoso comunicador, era uma pessoa afável e respeitosa, mesmo quando criticava”, afirmou.

O deputado federal, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), ressaltou a carreira do comunicador e o legado deixado por ele no jornalismo da Paraíba. “Lamentamos a morte de Jota Júnior, que representava a voz do povo na TV e no rádio. Deixo aqui minha solidariedade aos familiares e amigos” disse.

Leia mais notícias em e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.