Pollyanna Dutra alerta para importância do debate sobre as mudanças climáticas e destaca potencial energético da PB

Parlamentar participou recentemente da Conferência Brasileira de Mudança do Clima e foi convidada para a COP26
Foto: Divulgação

A deputada Pollyanna Dutra levantou o alerta para a importância do debate sobre as mudanças climáticas na Paraíba, bem como destacou as potencialidades energéticas do estado. Em discurso nessa quarta-feira (20), na Assembleia Legislativa da Paraíba, a parlamentar destacou que falar de mudanças climáticas vai além da discussão sobre um planeta um pouco mais quente, envolvendo questões como a segurança alimentar e o impacto dos desastres naturais nas vidas das pessoas, principalmente mulheres e meninas.

Pollyanna Dutra participou, em setembro, da Conferência Brasileira de Mudança do Clima e foi uma das convidadas para integrar a delegação do Brasil na COP26.

“Falar sobre esse tema é falar sobre a preservação dos direitos de todos e da natureza. As mudanças climáticas não só envolvem todos, mas também são de responsabilidade de todos. A década passada foi a mais quente já registrada. Segundo os especialistas, o motivo disso são as nossas ações, o que nos obriga a parar para rever nosso modo de vida. Combater essas mudanças corresponde ao 13º Objetivo do Desenvolvimento Sustentável (ODS), que são objetivos criados pela ONU para cumprirmos os compromissos da agenda 2030. Esse objetivo, em específico, consiste em tomar medidas urgentes para combater mudanças climáticas e impactos sociais”, destacou a parlamentar.

Conforme Dutra, é momento de os governos pensarem em ações coletivas de remediação quanto aos impactos sofridos pelo meio ambiente com o passar dos anos. Especificamente com relação à Paraíba, a deputada apontou os potenciais existentes.

“Nosso estado possui um significativo potencial para geração de energias renováveis devido à qualidade dos recursos energéticos que possuímos, principalmente o eólico e o solar. De acordo com o Atlas Brasileiro de Energia Solar, possuímos um dos índices mais altos de incidência de radiação do Brasil. Precisamos pensar em desenvolvimento em nome do clima, do bem comum, da justiça social e da consciência dos limites da natureza. Dá para se desenvolver com equilíbrio com a natureza”, apontou.

A parlamentar ainda argumentou que vislumbra neste momento uma oportunidade para geração do desenvolvimento para regiões desfavorecidas com o passar do tempo na Paraíba, como o Sertão.

“As energias renováveis na Paraíba são um case de sucesso. A chegada delas traz para nós, sertanejos, um momento de ascensão. Podemos pensar na região, que, por tanto tempo, teve o Sol como vilão e agora o vê como indutor do crescimento. Nós podemos pensar também no PIB, para que possa ter mais justiça social. Minha região precisa ver essa energia como uma mola propulsora do desenvolvimento, que precisa estar distribuída com a população de lá. As pessoas precisam compartilhar também esse desenvolvimento”, finalizou.

Palavras Chave

Informe Legislativo
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.