Pollyanna Dutra cobra vacinação de todos os profissionais que trabalham em hospitais de referência para Covid-19a

Parlamentar denuncia que profissionais como maqueiros, auxiliares de serviço e outros seguem sem acesso à vacina na PB
Pollyana Dutra (Foto: Divulgação)

A deputada Pollyanna Dutra fez um apelo aos órgãos fiscalizadores do Estado da Paraíba para que seja garantida a vacinação de todos os profissionais que trabalham em hospitais de referência para Covid-19. A parlamentar denunciou, em pronunciamento feito durante a 8ª Sessão Ordinária da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), realizada nesta quarta-feira (24), que maqueiros, profissionais da limpeza e da lavanderia, dentre outros, que atuam nas unidades de tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19, seguem sem acesso à vacina.

Para Dutra, antes de se preocupar com a ampliação dos grupos prioritários, é preciso olhar essas ausências que estão provocando a proliferação do vírus ao redor do estado. “Antes de nos preocuparmos com os profissionais que estão fora, de outras áreas, temos que nos preocupar com quem está no batente, todos os dias: maqueiros, que transportam pacientes com Covid e até mesmo pacientes que morreram pela doença; profissionais da limpeza, que higienizam os quartos de quem está com Covid; profissionais da lavanderia, que lavam as roupas de cama de quem estava doente na UTI; sem falar dos setores administrativos; porteiros; motoristas. Muitos deles não foram vacinados! Os hospitais de referência para a Covid, na sua integralidade, têm que ser vacinados”, cobrou a parlamentar.

A deputada ainda revelou que em alguns municípios, a cada 10 funcionários de hospitais que são referência para tratamento da Covid-19, apenas 5 foram vacinados. “Conheço casos em que a direção teve que acionar o Ministério Público, isso entrou em disputa judicial, mas não há o que contestar! Se é rede hospitalar, se recebe paciente Covid, tem que vacinar todo mundo, na sua integralidade. Tão importante quanto o médico é o maqueiro, que leva o paciente que morreu para o funeral, e eles não foram vacinados”, afirmou, clamando o apoio dos parlamentares para que a Casa de Epitácio Pessoa também realize esta cobrança em nome da ALPB. “Eu queria deixar esse apelo aqui na Assembleia! Que possamos nos unir para proteger o nosso povo”, finalizou.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.