Início Geral

Porto de Cabedelo terá investimentos de R$ 60 milhões e vai ser expandido

Um decreto do governo federal publicado no Diário Oficial da União dessa quinta-feira (24) regulariza todas as áreas do Porto de Cabedelo, na Grande João Pessoa, e vai permitir investimentos de R$ 60 milhões e expansão do local, podendo gerar emprego e renda e contribuir para o desenvolvimento econômico da Paraíba.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo a diretora-presidente da Companhia Docas da Paraíba, Gilmara Temóteo, desde a criação do porto que essas áreas não eram regularizadas. “Só agora é que conseguimos a regularização desta área, que engloba desde o prédio da administração, zona primária, canal de aceso e até o locais onde os navios atracam”, disse.

A partir de agora, o governo do estado, por meio da Docas-PB, vai prospectar a ampliação do local a partir de uma parceria público privada. A intenção, segundo Gilmara, é construir dois novos berços com 600 metros de cais para atracação de navios e um terminal de múltiplos usos (TMU).

“O TMU é um projeto que vai duplicar a infraestrutura portuária, com uma área de 100 mil metros quadrados, trazendo novas operações para o Estado, a exemplo do transporte de contêineres”, resumiu.

Investimentos

A Docas-PB recebeu, nessa quinta e nesta sexta-feira (25), representantes do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, da Secretaria Nacional de Portos e da Empresa de Planejamento e Logística para discutir a ampliação dos terminais de combustíveis existentes no Porto de Cabedelo com o investimento de R$ 60 milhões. A comitiva também pôde conferir as condições dos berços existentes para atendimento da demanda ampliada, com visitas aos locais e reunião com representantes dos terminais atualmente instalados na área portuária.

Também foi tratado sobre a validação dos estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental que o Porto elaborou e doou para o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil e Secretaria Nacional de Portos, que subsidiará o leilão dos terminais de derivados de petróleo que estão com contratos vencidos no porto.

De acordo com Gilmara Temóteo, os investimentos serão divididos com R$ 20 milhões para a remodelação da área primária e R$ 40 milhões destinados à ampliação para quatro terminais de derivados de petróleo.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos
vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à
Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.