Início Geral

Posição de Chico e Felipe

Os vereadores Chico do Sindicato (PT do B) e Felipe Leitão (sem partido) disseram ontem que não vão retirar suas assinaturas do requerimento da CPI da Lagoa, apresentado pela oposição. Os dois afirmaram que se consideram integrantes da base de sustentação do prefeito Luciano Cartaxo, embora não tenham sido convidados para uma reunião do grupo, anteontem à tarde. “Houve uma reunião da base e eu não fui convidado. Nem eu, nem os outros companheiros que assinaram a CPI da oposição”, declarou Chico do Sindicato.

Ele disse que assinei a CPI e não retira a assinatura porque só deve satisfação a Deus e ao povo que o elegeu. “Continuo na base, só não serei mais se não quiserem mais”, disse Chico do Sindicato, acrescentando que não deve nada a prefeito, governador, deputado e senador. “Não retiro e estou preparado para possíveis retaliações. No entanto, retaliações não me preocupam”, frisou Chico do Sindicato. Ele disse que não é vereador lagartixa e que oi governo municipal não atende pedidos seus para os bairros que ele representa (Cristo e Rangel). “Nada foi feito pela Prefeitura nesses bairros, a não ser uma creche com recursos federais”, disse.

O vereador Felipe Leitão disse que não volta atrás na sua decisão. Ele disse que tem tentado falar com o prefeito há dias e não consegue. Afirmou que não retira a assinatura, nem se considera fora da base do prefeito, “a não ser que o governo municipal não me queira mais”. Felipe entregou os cargos que tinha na Prefeitura.

De novo…

Mais uma vez houve quebra de quórum na Assembleia Legislativa e, claro, por parte da bancada governista, que ‘evaporou’ quase na totalidade do plenário. Às 11h, o painel eletrônico marcava 26 parlamentares na Casa, mas apenas nove estava em suas respectivas cadeiras. O que um requerimento não faz.

Convocação

O tal requerimento é o de Tovar Correia Lima, que convoca o secretário das Finanças, Tárcio Pessoa, a ir à Casa de Epitácio Pessoa, explicar a real situação do Estado. A votação seria hoje, em tese.

Indigesta

O que está em jogo é a Medida Provisória 242, que congela os salários dos servidores estaduais. Mas, que o governador Ricardo Coutinho alegou ser necessária diante da crise.

Batida…

Duas assinaturas de vereadores da situação – cinco assinaram – devem retirar as assinaturas da CPI da Lagoa, protocolada na terça-feira. Sinceramente, assinatura é como palavra…

De pino…

Sendo assim, não se retira, não se volta atrás. Ah! Mas em se tratando de política, tudo é possível. Dizem que o líder do Governo Cartaxo, Marco Antônio, chamou na ‘chincha’.

Xô violência

Se encerra próxima sexta-feira o ‘Esforço Concentrado de 2016’ para julgar 628 processos decorrentes de violência doméstica na Paraíba. As ações estão distribuídas em duas cidades: João Pessoa, que está reunindo 530 processos, e Campina Grande, com 98, todos para instrução e julgamento. Xô violência!

Batida…

Duas assinaturas de vereadores da situação – cinco assinaram – devem retirar as assinaturas da CPI da Lagoa, protocolada na terça-feira. Sinceramente, assinatura é como palavra…

De pino…

Sendo assim, não se retira, não se volta atrás. Ah! Mas em se tratando de política, tudo é possível. Dizem que o líder do Governo Cartaxo, Marco Antônio, chamou na ‘chincha’.

Perguntou…

Um desses vereadores teria pedido certa quantia (alta) e mais 20 cargos para retirar a assinatura. Mandou o recado por emissários que trouxeram a resposta do prefeito Luciano Cartaxo.

Ouviu…

O prefeito teria tido crise de risos e dito que o valor sendo R$ 1,00 ou R$ 1 milhão não faria diferença porque um vereador, com uma postura dessas, “não tem valor”. Concordo!

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.