Início Geral

Praia paraibana está entre oito oficiais para naturismo no Brasil; conheça todas

Apesar da sensação de liberdade e de proximidade com a natureza, poucos têm coragem de tirar toda a roupa e ficar como vieram ao mundo em público. Para os praticantes do naturismo, conjunto de princípios éticos e comportamentais que promovem a defesa da vida ao ar livre, estar nu é algo comum e bastante saudável. No Brasil, as praias são os principais locais para a prática. A costa brasileira conta, oficialmente, com oito em que é permitido ficar pelado. O site NE10 listou quais são e classificou Tambaba, no município do Conde, na Grande João Pessoa, como uma das mais conhecidas. Veja abaixo detalhes de cada uma.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Tambaba (PB)

Tambaba foi classificada em 1991 como a primeira praia naturista do Nordeste. Como na maioria das praias de nudismo brasileiras, existem algumas restrições no local. Lá, homens não podem entrar desacompanhados de mulheres. Também não é permitido filmar ou fotografar sem uma autorização prévia. Para aqueles que não são adeptos à cultura naturista, também há um trecho da praia onde é possível se frequentar sem tirar a roupa.

Massarandupió (BA)

O município de Entre Rios guarda a pequena vila de Massarandupió, a 80 km de Salvador. É nela que está reservada uma faixa de 2 km para os praticantes do nudismo. A prática é permitida no local desde 1999 e, nos fins de semana, chega a receber 400 pessoas. Há seguranças para controlar o fluxo e, por precaução, foram espalhadas placas com a mensagem “Sexo aqui, não”. Naturistas também contam com pousadas voltadas para a prática. A preferência é pela visita de casais.

Abricó (RJ)

Abricó fica próxima às praias da Reserva e Prainha, na Zona Sul do Rio de Janeiro. É permitido que os frequentadores fiquem na praia de roupa de segunda a quinta-feira, quando o nudismo é opcional. Nos fins de semana, a prática é obrigatória. Há um segurança monitorando para que não haja fotografias ou vídeos.

Olho de Boi (RJ)

A praia fica em Búzios, no litoral fluminense. Diferentemente de Abricó, também no Rio, a nudez lá é opcional. Há uma placa sinalizando o nudismo, mas nada obrigatório. Homens podem ir sozinhos à praia. A região oferece a opção de se praticar mergulho.

Galheta (SC)

Santa Catarina conta com o maior número de praias de nudismo: são três. A praia da Galheta permite o naturismo desde 1997, apesar de não ser obrigatório. Por não ter fiscais, o local é mais livre para homens circularem e também pode ser possível flagrar casais em momentos mais íntimos.

Pinho (SC)

Pinho é a primeira praia naturista do Brasil. Localizada em Balneário Camboriú, a 85 km da capital Florianópolis, permite, desde 1986, pessoas nuas. Há grande estrutura, com estacionamento, restaurante, banheiros, salva-¬vidas e pousada. Há funcionários e grupos de apoio para monitorar a área. Curiosos que não se despem são convidados a se retirar da praia.

Pedras Altas (SC)

Localizada no município de Palhoça (SC), na Região Metropolitana de Florianópolis, a praia passou a ser naturista após um casal do Rio Grande do Sul se mudar para lá e começar a prática em 1992. Hoje em dia, o local é dividido informalmente (ou seja, pelos próprios frequentadores) em dois trechos: o primeiro é reservado para os desacompanhados, enquanto casais e famílias ficam na segunda parte da praia.

Barra Seca (ES)

No município de Linhares, no Espírito Santo, a Praia de Barra Seca é margeada por um rio e coqueirais. É preciso realmente tirar toda a roupa por lá. O acesso à praia é feito por meio de barcos que atravessam o rio Ipiranga. Por existirem regras específicas relacionadas à conduta dos visitantes, o turista precisa ficar atento para não ser expulso. Há ainda áreas para camping na região.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.