Início Geral

Prefeito da Capital assiste a concerto da Orquestra Sinf?nica de JP em escola

Estudantes da Escola Municipal Tharcila Barbosa Franca, no bairro do Grotão, Zona Sul da Capital, viveram uma experiência singular na tarde desta terça-feira (11). Na hora do intervalo das aulas trocaram o lazer das brincadeiras por um momento com a música erudita. A apresentação também foi assistida pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Os alunos da escola assistiram ao trabalho da Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa em mais um concerto didático. A apresentação marcou o retorno da OSMJP ao ambiente escolar depois de dois meses. O último concerto aconteceu no dia 12 de outubro, em homenagem ao Dia das Crianças. O evento, na época, ocorreu na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes.

Luiz Bezerra, de 11 anos e estudante do 6º ano, acompanhou com espírito entre vibrante e meditativo a execução de sinfonias clássicas de Mozart. “Tenho uma caixinha de percussão de brinquedo em que treino quando chego em casa. Ver todos os sons juntos assim me encantou”, conta, voltando para a primeira fila.

O efeito causado pela apresentação foi diversificado entre os alunos. “Gosto mais do som dos violinos porque faço balé clássico”, assim justificou Gabriella Trigueiro, de 14 anos, do 8° ano, que aproveitava para registrar com o celular a passagem da orquestra.

“Acredito que esta ocasião ficará para sempre registrada na memória deles, visto que foi uma janela que se abriu para muitos que sequer tiveram a oportunidade de sair do bairro”, conta a diretora Kadidja Menezes. Já para os músicos, a receptividade da plateia em escolas que adotam projetos de bandas marciais, como a Tharcila Barbosa, conta pontos extras. “Não à toa reforçamos o peso dos metais nas músicas”, destaca o maestro Gustavo de Paco.

“Tanto para eles, quanto para nós, da orquestra, o concerto didático é uma ocasião especial de poder apresentar-lhes a sonoridade de cada instrumento isolado e a força da combinação de 60 deles”, pontua o argentino Paco, que é também professor de flauta transversal da Universidade Federal da Paraíba e fundador da orquestra.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.