Prefeitura de Campina avança no diálogo com o Iphaep para resgate da autonomia do município sobre o Cine Capitólio

Foto: Divulgação

Foi realizada nesta quinta-feira (6), uma videoconferência entre a Prefeitura de Campina Grande, através da Secretaria de Planejamento, e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep), com o objetivo de retomar o diálogo e avançar nas discussões referentes ao Cine Capitólio. O objetivo é que a Fundação do Patrimônio Histórico de Campina Grande tenha autonomia sobre o antigo cinema, no sentido de definir projetos e ações distintas para a revitalização do espaço.

A reunião online contou com a participação de técnicos da Seplan, comandados pelo secretário e professor Felix Araújo Neto; do Iphaep, através dos assessores Gúbio Mariz Filho, Victor Pessoa e Breno Crispim; e dos coordenadores do projeto que cria a Fundação do Patrimônio Histórico de Campina Grande, Erik Brito e Marina Barros; além do gerente de Museus de Campina Grande, Rafael Ângelo, e o professor e historiador Chico Pereira.

O secretário da Seplan, Felix Neto, ressaltou a importância do diálogo com o Iphaep sobre o Cine Capitólio e destacou que Campina Grande está vivenciando um momento histórico na criação dessa parceria, pois há pelo menos uma década os órgãos discutem o tema, mas vários embaraços técnicos e/ou políticos não fizeram as pautas avançarem. O último encontro ocorreu em 2018.

Na reunião, Felix disse que o prefeito Bruno Cunha Lima quer garantir o resgate da autonomia da cidade sobre seu próprio patrimônio, e integrá-lo à Fundação do Patrimônio Histórico, que está em avançado processo de concretização.

“Estamos viabilizando a integração entre a prefeitura de Campina Grande e o Iphaep para, de fato, devolvermos a autonomia da cidade sobre seu patrimônio. A Fundação não está sendo criada para concorrer e nem para fazer oposição ao Iphaep, mas para que possamos, nós mesmos, cuidar da nossa memória. Com relação ao Cine Capitólio, o prefeito tem o interesse de criar um canal de diálogo para destravarmos e avançarmos nas ações”, disse.

O assessor técnico do Iphaep, Victor Pessoa, afirmou que o Instituto está à disposição para o alinhamento de ideias e criação de um canal de diálogo para que o projeto de revitalização do Cine Capitólio avance.

“Desde já, ressalto que estamos nesse diálogo consensual de construir esse processo. Vamos designar e colocar à disposição nossa equipe técnica para avançarmos nessa pauta”, ressaltou.

Ficou acertado que o Iphaep vai enviar documentações e projetos referentes ao Cine Capitólio à Seplan e que uma nova reunião será marcada para dar continuidade aos diálogos referentes ao patrimônio de Campina Grande.

Comentários

  • Harrison B Rodrigues disse:

    Quanto tempo a PMCG tenta realizar um trabalho com o Cine Capitólio e o Iphaep não permite?? Espero que desta vez acha sucessos, pois o Iphaep é um órgão que mais atrapalha do que ajuda, busca sempre ser o autor, sem luz própria, que burocratiza os mínimos detalhes e se esquece do bem público. É um órgão pequeno diante da grandiosidade do patrimônio da Paraíba, politizado esquece de cumprir seu papel.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.