Início Geral

Presidente da ALPB admite corte de assessores para compensar queda do or?amento

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Adriano Galdino (PSB), admitiu que pode reduzir o quadro de assessores, caso as medidas e os cortes determinados para reduzir despesas não sejam suficientes para cobrir o déficit de pouco mais de R$ 500 mil por mês do duodécimo. Nesta segunda-feira (22), o procurador geral de Justiça, Betrand Asfora, também queixou-se do congelamento dos repasses a valores de dezembro do ano passado e pediu reunião “em caráter de urgência” da Comissão Interpoderes para debater o assunto.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Adriano Galdino anunciou que está determinando redução de gastos com diárias, custeio, combustível, papel, energia elétrica e água. “Se com tudo isso não for possível reduzir esse déficit, iremos também entrar na questão de pessoal, com a diminuição no quadro de assessores”, afirmou.

O presidente da ALPB também confirmou que os salários dos servidores referentes a este mês serão creditados nesta quarta-feira (24). A informação do crédito nas contas dos servidores também foi confirmada pelo setor financeiro do Poder Legislativo.

Como o Portal Correio informou na sexta-feira passada (19), a Paraíba sofreu um corte de mais de R$ 3,7 bilhões este ano. Todos os poderes foram atingidos. Segundo Adriano Galdino, o esforço é continuar pagando dentro do mês trabalhado aos servidores.”Nós sabemos que cada funcionário tem compromissos para honrar e o que eu posso garantir é que tendo dinheiro, iremos pagar em dia”, reforçou o presidente da Assembleia.

Segundo o cronograma mensal de desembolso, publicado no Diário Oficial do Estado, este ano o Poder Legislativo terá R$ 266,9 milhões de orçamento. Isso significa um repasse mensal de pouco mais de R$ 22,2 milhões.

Segundo o presidente da ALPB, a redução no repasse da cota do duodécimo apresenta um déficit de R$ 500 mil reais ao mês, em relação à cota de dezembro de 2015. Adriano Galdino lembrou ainda que o expediente da Casa já foi reduzido, e se encerra às 15h, e outras medidas serão adotadas. 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.