Início Geral

Presidente do Belo fala da formação do elenco e intensifica dúvida sobre Djavan

Eleito como presidente do Botafogo-PB no último domingo (23), Zezinho Botafogo já está a frente do planejamento para a temporada de 2017 no clube. Acesse o Voz da Torcida.

Leia mais notícias de Esporte no Portal Correio

Em entrevista ao programa Debate Voz da Torcida, na rádio Nova Correio AM 1340, o novo mandatário botafoguense pediu paciência para a torcida no aguardo dos atletas que formarão o elenco.

Segundo Zezinho, o acerto com jogadores para o time do próximo ano já estão bem encaminhados, porém a divulgação dos nomes ainda não pode ser feita devido a uma série de fatores.

“Hoje já teríamos um time para colocar em campo, mas não posso escalar agora. Pedimos ao torcedor paciência. Nós temos ansiedade de divulgar, não estamos fazendo sensacionalismo, mas só vamos dizer quando estamos com o contrato em mãos, pois tem jogadores que estão em atividade, e para preservar o jogador e o próprio clube, preferimos aguardar. Não queremos correr o risco de anunciar e o jogador não vir”, explicou.

Sobre algumas permanências do elenco que quase conseguiu o acesso à Série B neste ano, o presidente do Belo lembrou das renovações de contratos do zagueiro Plínio, do lateral direito Gustavo, do volante Sapé e do meia Marcinho. Sobre o ataque, Zezinho confirmou o desejo na permanência do atacante Rafael Oliveira, que retornou ao clube, mas devido a lesões nem chegou a reestrear, e descartou Rodrigo Silva, artilheiro do time na Série C, para a próxima temporada.

“Com relação ao Rodrigo Silva, nós temos outros atacantes sendo contactados. O Michel Alves falta assinar o contrato, mas ele quer ficar no Botafogo-PB, tem 90% de chance dele continuar. Pedro Castro pertence ao Santos, recebe um salário alto. Não temos condições de pagar o salário. Aqui ele não custava nada, apenas moradia. A gente torce para que ele renove com o Santos e volte. A torcida pode ficar tranquila que montaremos um bom time”, garantiu Zezinho.

Revelação do Botafogo-PB na atual temporada, o volante Djavan, de 20 anos, atraiu o interesse de grandes clubes do futebol brasileiro, e já teve seu nome ligado ao Santos-SP. Zezinho admitiu que existiram vários interesses pelo jovem, que tem grandes chances de não seguir no clube em 2017.

“Tem inúmeras pessoas procurando (o Djavan). Hoje tem 80% de chance do Djavan não ficar no Botafogo-PB, até porque o clube não pode prejudicá-lo. Com certeza o clube vai ganhar alguma coisa. O Botafogo-PB precisa tirar jogador daqui e colocar para fora para se mostrar como formador de jogador”, encerrou.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078. 

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.