Início Notícias

Presidente do PT muda de opinião e defende Veneziano

Uma mudança radical de opinião. Foi o que aconteceu com o presidente do PT da Paraíba Jackson Macedo. Até bem pouco tempo atrás, o petista rejeitava a presença do pré-candidato a senador Veneziano Vital do Rêgo na chapa socialista por entender que ele ‘foi a favor do golpe’. Mas, nesta segunda-feira (30), para surpresa de todos, Jackson anunciou que assume a defesa de Veneziano na composição da majoritária.

Leia também: PT rejeita presença de Veneziano e pode se retirar de aliança do PSB

Em gravação distribuída através das redes sociais, o dirigente chega a chamar o deputado federal que votou pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff, de “companheiro Veneziano”.

O pronunciamento do presidente petista colabora com a tese de que o também deputado federal Luiz Couto, membro da Executiva Nacional do PT, seja confirmado como o segundo candidato ao Senador pela coligação de Azevêdo.

“O PT quer estar na chapa majoritária do companheiro João Azevêdo e também estar presente, forte e firmemente, na campanha do companheiro Veneziano ao Senado. Tenho a convicção muito forte que nós podemos tranquilamente na Paraíba elegermos não só João Azevêdo mas também os dois senadores nesse campo. A eleição de Veneziano e de outro companheiro na chapa do companheiro João Azevedo será fundamental para ter na gestão do presidente Lula, companheiros ajudando Lula lá no Congresso Nacional”, afirmou Macêdo.

Sobre votar em Veneziano, o presidente afirma que: “Como presidente do PT vou defender que o PT vote, faça campanha e ajude o companheiro Veneziano a se eleger senador da República”.

Jackson também elencou motivos para defender o apoio. “Veneziano tem feito movimentos e gestos de aproximação a esse de campo democrático popular. Não só nas votações do Congresso pós-impeachment ele votou e sinalizou contra as reformas de Temer e votou duas vezes nas denúncias contra o presidente Michel Temer. (…) Pra nós é fundamental que o PT nessa semana decisiva, das convenções e da reunião de tática marcada para a quinta-feira, o PT apoie e sinalize apoio à sua candidatura”, explica o petista.

*Com Damásio Dias, do Jornal Correio da Paraíba

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.