Preso jovem suspeito de envolvimento na morte de comerciante em Jo?o Pessoa

16
COMPARTILHE

Um jovem de 18 anos identificado como sendo Mateus Araújo dos Santos foi preso pela Polícia Civil nesta quarta-feira (5), sob a acusação de ter participar do latrocínio (roubo seguido de morte) contra um comerciante no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa, em junho deste ano. O dono do mercadinho, Júlio Leite Neto, 71 anos, foi baleado durante o crime e morreu. No mesmo dia do crime, dois adolescentes tinham sido detidos. Essa seria 18ª vez que o estabelecimento comercial tinha sido assaltado.

Leia mais Notícias do Portal Correio

Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Paraíba, o mandado de prisão foi expedido pela 2ª Vara Criminal da Capital e cumprido pela delegada Julia Walesca. O jovem já estava recolhido no Centro Educacional do Jovem (CEJ) onde foi cumprido o mandado.

” Quando menor, ele foi autuado por tráfico de drogas e estava cumprindo a internação provisória na unidade, apesar de ser maior de idade. No dia do crime, o rapaz estava fora do CEJ ainda e teria entrada no mercadinho acompanhado de um menor. Ele nega a participação no crime”, disse Julia Walesca.

Ainda segundo a delegada, o rapaz deverá ser transferido do CEJ para a Penitenciária Flósculo da Nóbrega, o Presídio do Roger, nos próximos dias, assim que a Vara da Infância e Juventude decretar a transferência.

Crime

O comerciante foi morto a tiros após um assalto, na tarde do dia 5 de junho deste ano. O crime teria sido cometido por três jovens, que tomaram o dinheiro e dispararam contra a vítima. As imagens do circuito interno de câmeras do mercadinho foram analisadas pela polícia. A partir de investigações, dois dos suspeitos de envolvimento no crime foram apreendidos, no mesmo dia do crime, e liberados por falta de provas.

Os bandidos teriam chegado ao mercadinho por volta das 12h15 e anunciaram o assalto. Dois deles entraram no comércio e pediram o dinheiro do caixa. O dono do estabelecimento teria entregue o dinheiro, mas os bandidos efetuaram um disparo contra a vítima e fugiram. O dono do mercadinho morreu no local.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas