Início Geral

Preso suspeito de integrar grupo que fez arrastão em clínica de ortopedia na PB

Um jovem de 23 anos foi preso em flagrante na tarde desta terça-feira (8), durante ação da Polícia Civil de Campina Grande, suspeito de integrar um grupo criminoso responsável por praticar vários roubos a estabelecimentos comerciais na região. As investigações policiais mostram que o suspeito participou de um arrastão na tarde do dia 4 de novembro em uma clínica de ortopedia localizada no bairro São José, na Zona Sul da cidade.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Testemunhas informaram que dois adolescentes chegaram ao local se passando por pacientes. Um deles estava com uma mochila nas costas e o segundo teria sacado uma arma e anunciado o assalto. Eles roubaram um notebook da clínica e abordaram de forma violenta os pacientes que estavam esperando por atendimento médico, exigindo dinheiro, celulares e joias. A ação criminosa durou poucos minutos e, para não levantar suspeitas, os jovens colocaram todos os objetos roubados dentro da mochila e em seguida fugiram em um veículo Renault Clio.

O crime foi gravado pelo circuito de câmeras do estabelecimento e as imagens foram repassadas para a polícia. Durante a análise, foi possível identificar os números da placa do carro usado para dar fuga aos adolescentes. Os agentes de investigação conseguiram encontrar o dono do carro, mas ele informou que vendeu o veículo e deu o endereço do novo proprietário. Ao chegar à residência dele, os policiais viram o veículo estacionado na rua. Eles chamaram pelo suspeito, que confirmou ter participado do assalto.

“A participação dele no caso é o que chamamos de ‘cavalo’, ou seja, ele é a pessoa que serve de motorista para os adolescentes. Ele leva os menores até os alvos e depois ajuda na fuga deles. O outro integrante do grupo é quem fornece as armas usadas para praticar os crimes. Além de ter contado como tudo funciona, ele ainda disse que os aparelhos celulares roubados na clínica foram vendidos logo em seguida na Praça Clementino Procópio, no Centro de Campina Grande”, disse a delegada Ellen Lima.

A Polícia já ouviu seis vítimas do grupo e identificou todos os suspeitos. Na casa de um deles encontrou algumas bolsas que foram roubadas dos pacientes da clínica de ortopedia. Agora o trabalho se concentra para apreender os dois adolescentes e prender o homem apontado como a pessoa que empresta as armas. O detido foi autuado por roubo qualificado, formação de quadrilha e corrupção de menores. Ele está recolhido na carceragem da Central de Policia de Campina Grande, aguardando audiência de custódia.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.