Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

Presos suspeito de latrocínio e comparsa que fazia desmanche

A Polícia Civil da Paraíba, através de trabalho investigativo do Núcleo de Homicídios e do Grupo Tático Especial de Guarabira, prendeu, no início da manhã desta quinta-feira (5), um homem de 38 anos suspeito de ser o autor de um latrocínio ocorrido na cidade Alagoa Grande, no Brejo paraibano, a 103 km de João Pessoa, em abril deste ano.

Segundo o delegado Hugo Lucena, titular da Seccional de Guarabira, a prisão ocorreu na Zona Rural de Alagoa Grande e é resultado da ‘Operação Thanatus’, que vinha fechando o cerco ao suspeito desde a tarde dessa quarta-feira (4).

As investigações apontam que no dia 25 de abril passado o suspeito teria matado a pauladas um agricultor de 50 anos  e dele roubou uma moto e outros pertences.

“No curso da investigação, que durou quatro meses, a polícia conseguiu chegar ao comparsa dele, de 42 anos, que possui um desmanche de veículos na cidade de Sapé, o qual ficou com os bens roubados e os vendeu” revelou o delegado Hugo Lucena.

O comparsa foi preso onde reside, na tarde dessa quarta-feira, em Sapé, na Zona da Mata, a 42 km da Capital. Contra ambos foi expedido mandado de prisão pelo juízo da comarca de Alagoa Grande. Ouvidos, os dois acusados confessaram o crime.

“Ambos serão apresentados no fórum de Alagoa Grande para audiência de custódia”, concluiu o delegado.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.