Início Geral

PRF registra quatro mortes em quatro dias e alerta para cuidados ao atravessar rodovias

Desde crianças somos ensinados a atravessar as ruas segurando nas mãos dos nossos pais, porém, com a chegada da maturidade e independência, esse costume e a atenção redobrada vão sendo deixados de lado e, com isso, o número de acidentes começa a crescer. Entre quinta (17) e domingo (20), quatro pessoas foram mortas em rodovias paraibanas por cometer imprudências nas BRs do estado. As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Leia mais notícias no Portal Correio 

Na noite desse domingo (20), um homem ainda sem identificação foi morto na BR-101, próximo ao viaduto das Três Lagoas. Segundo informações da PRF, a vítima estava tentando atravessar a rodovia quando foi atingida por um veículo que não viu a aproximação do homem. Ainda de acordo com a PRF, o condutor do carro foi submetido ao teste do bafômetro, que constatou que ele não havia ingerido álcool.

Na quinta-feira (17), duas mulheres foram atropeladas e mortas também na BR-101, nas proximidades da entrada da cidade de Mamanguape, que fica a 61 quilômetros de João Pessoa. Segundo a PRF, três mulheres praticavam caminhada no acostamento da rodovia quando foram atingidas por um carro desgovernado. Com o impacto, duas das vítimas foram arremessadas para o canteiro da pista e não sobreviveram. A terceira vítima sobreviveu e foi encaminhada ao Hospital de Emergência e Trauma. O carro que atropelou as mulheres seguia de Natal/RN para Recife/PE.

Ainda na quinta-feira (17), outro caso de morte nas pistas. Dessa vez, o cenário foi a BR-230. Um homem tentou atravessar a rua de forma imprudente e foi atingido por um veículo que não parou para prestar socorro, de acordo com informações da PRF. Segundo a assessoria da polícia, pelas condições do corpo da vítima, tudo indica que o veículo que a atingiu era de grande porte, como um caminhão ou ônibus.

Cuidados nas rodovias

O assessor de comunicação da PRF, Genésio Vieira, alertou a população para alguns cuidados na hora de atravessar as rodovias. “Quando não há locais apropriados para esse tipo de travessia, como passarelas e faixas de pedestre, você deve fazer a travessia na pista com os cuidados redobrados, verificando a distância para ver se dá tempo ou não, e não se arriscar. Tem gente que passa na rua com o celular no ouvido, se não tomar cuidado, é atropelada. As pessoas só devem fazer a travessia nos locais destinados aos pedestres”, aconselhou o assessor.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.