Início Geral

Procura por vacina contra febre amarela provoca filas em JP; veja vídeo e cuidados

No momento em que o país passa pela maior epidemia de febre amarela dos últimos 70 anos, com 161 casos da doença e 60 mortes confirmadas até a sexta-feira (3), a procura pela vacinação tem aumentado pelas pessoas que moram em áreas de risco e para quem vai viajar a esses locais. 

Leia também: 

Agevisa-PB alerta para risco de febre amarela chegar à PB; país tem 157 mortes

Febre amarela: conheça os sintomas e saiba quando tomar a vacina

Vacinas devem ser tomadas em caso de viagens nacionais ou internacionais; vídeo

O portal NE10 traz publicação esclarecendo dúvidas e mostra que a vacina não pode ser tomada em alguns casos, por isso a necessidade de orientação, principalmente em situações de alergias ou para gestantes.

Com medo do surto, muitos pessoenses estão madrugando na frente do Centro Municipal de Imunização, no bairro da Torre, para se vacinar. Segundo eles, além de terem que enfrentar longas filas, há poucas fichas, o que faz algumas pessoas irem várias vezes ao local por não conseguir completar o serviço. O atendimento começa às 8h da manhã, as fichas só são entregues às 7h e só 50 estão sendo disponibilizadas.

A TV Correio também traz cobertura sobre o caso; assista abaixo.

Imunização

A vacina está disponível em todos os estados brasileiros gratuitamente nos postos de saúde. De acordo com o ministério, o produto é eficaz e seguro. As crianças devem receber uma dose aos nove meses e um reforço aos 4 anos. Para quem não tomou as doses na infância, a orientação é de uma aplicação e um reforço dez anos depois. As orientações são apenas para pessoas que vivem em reigões de recomendação ou quem vai visitar estas regiões.

Sintomas

Os sintomas iniciais da doença são febre de início súbito, calafrios, náuseas, vômitos, fadiga, fraqueza e dores de cabeça, nas costas e no corpo em geral. Em casos graves, a pessoa pode desenvolver febre alta, icterícia (coloração amarelada da pele e do branco dos olhos), hemorragia e, eventualmente, insuficiência de órgãos. Entre 20% e 50% das pessoas que desenvolvem a doença grave podem morrer. A febre amarela pode levar à morte em cerca de uma semana, se não for tratada rapidamente.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078. 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.