Procurado por homic?dios e roubo ? preso dentro de casa em Campina Grande

19
COMPARTILHE

Um homem suspeito de liderar uma quadrilha acusada de tráfico de drogas, homicídios, roubos a casas lotéricas, residências, pessoas, ônibus e postos de combustíveis, na cidade de Campina Grande, no Agreste do estado, foi preso por policiais da Força Tática do 2º Batalhão. Fabrício Pedro da Silva, de 32 anos, foi preso no bairro do Araxá, local onde ele controlava as atividades do tráfico.

Leia mais Notícias do Portal Correio

Contra o acusado existiam três mandados de prisão em aberto, sendo dois por homicídios e um por roubo. No momento da prisão, os policiais militares encontraram com ele um revólver calibre 38 e maconha.

De acordo com o comandante do 2º Batalhão, major Gilberto Felipe, o preso atuava nos bairros do Araxá e Jeremias. “São vários crimes atribuídos contra ele, que já vinha sendo monitorado pela Polícia Militar por envolvimento com o tráfico de drogas do bairro do Araxá e hoje, através de uma ação da Força Tática do 2º Batalhão, a Polícia Militar da Paraíba conseguiu prendê-lo”, destacou. Fabrício Pedro foi apresentado na Central da Polícia Civil, em Campina Grande.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas