Moeda: Clima: Marés:
Início Música

Projeto Circulador Cultural apresenta Banda-Fôrra neste domingo (24), em João Pessoa

Show é gratuito e acontece no Centro Cultural Casa da Pólvora, no Centro Histórico da cidade, a partir das 16h
Banda-Fôrra
Foto: Divulgação/Secom-JP

O projeto Circulador Cultural, realizado pela Prefeitura de João Pessoa, por meio da Fundação Cultural do Município (Funjope), apresenta, neste domingo (24), a Banda-Fôrra, que leva aos palcos um estilo indie. O show, que é gratuito, acontece no Centro Cultural Casa da Pólvora, no Centro Histórico da cidade, e começa às 16h.

Guga Limeira, vocalista da Banda-Fôrra, disse que as expectativas são as melhores. “Nós lançamos o nosso primeiro disco, em 2018, no palco da Casa da Pólvora. Foi uma alegria imensa marcar esse show para o próximo domingo no mesmo espaço. É como se tivéssemos fechado um ciclo e abrindo um outro no mesmo espaço, com aquela vista maravilhosa e um pôr do sol inesquecível”, observou.

O repertório do show contempla todos os trabalhos lançados pela banda, mas com foco no disco ‘Baladas para Adiar o Fim do Mundo’, que saiu do forno em 2022 e inclui uma mistura de violões com as guitarras de Hugo Limeira e Ernani Sá. O quinteto é formado ainda por Matteo Ciacchi e Lucas Benjamim.

A Banda-Fôrra é paraibana e suas músicas são dançantes, porém, desde 2014, seus integrantes compõem músicas sobre amor e a sua falta, sobre a liberdade passada ou a que está por vir. Depois de um EP lançado em 2015 e um disco de 2018, a banda lançou seu segundo disco, cujas faixas serão apresentadas neste domingo.

Circulador Cultural

O diretor executivo da Funjope, Marcus Alves, avalia que o projeto da Casa da Pólvora já está consolidado e que a fundação está trabalhando, desde o ano passado, com apresentações artísticas, performances, exposições e também alguns shows.

“Todas essas atividades são muito focadas num público que já frequenta o Centro Histórico e agrega um valor para o nosso ambiente. São universitários, turistas, pessoas que gostam desse ambiente arquitetônico, cultural. O conceito que desenvolvemos para o local é apresentar bandas criativas e shows que possam atrair público, mas também mostrar a potencialidade criativa da nossa cidade”, afirmou.

Para a coordenadora da Casa da Pólvora, Ana Maia, o Circulador Cultural é um sucesso dos projetos culturais que vêm sendo desenvolvidos pela Funjope e tem sido um diferencial para a Casa da Pólvora. “Espero que as pessoas venham prestigiar. É uma banda maravilhosa”, disse. O espaço tem ganhado movimento de forma saudável, com a presença de centenas de pessoas, contando com o apoio das secretarias municipais e da Polícia Militar da Paraíba.

Palavras Chave

João PessoaMúsica

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.