Moeda: Clima: Marés:
Início Saúde

Projeto da UFPB oferece apoio psicopedagógico a crianças e adolescentes no HULW

Em média, vinte crianças, na faixa etária entre seis e dezesseis anos, são recebidas pela equipe para uma avaliação multiprofissional
(Foto: Divulgação/UFPB)

O projeto Cuidar, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), promove, desde 2016, apoio e orientação psicopedagógica e psicológica a crianças e adolescentes atendidas no ambulatório de psiquiatria da infância e adolescência do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW).

Em geral, as crianças e adolescentes com demandas de transtornos atencionais e/ou de aprendizagem são atendidos nos ambulatórios e, quando necessária a avaliação, são encaminhados para a sala de atendimento do projeto, situada no Setor de Psiquiatria no 6º andar do HULW.

Por mês, em média, vinte crianças, na faixa etária entre seis e dezesseis anos, são recebidas pela equipe para uma avaliação multiprofissional.

“As crianças têm uma avaliação multiprofissional feita em um único local. Tudo de maneira gratuita. São realizadas avaliações neuropsicológicas, psicológicas, psicopedagógicas, fonoaudiológicas. Uma avaliação tão completa assim é um diferencial do projeto e um diferencial para essas crianças”, afirmou a coordenadora do projeto, Carla Minervino.

Segundo a coordenadora, ao final de toda avaliação, a equipe fornece um relatório multiprofissional. Esse material é um documento único, assinado por todos os profissionais avaliadores. Este documento, além de disponibilizar os resultados referentes às avaliações, ainda serve como base para uma orientação aos profissionais que acompanharão o jovem.

A ação extensionista também oferece aos pais e familiares relatórios que subsidiam a melhor intervenção médica e educacional a ser realizada de acordo com a necessidade específica de cada criança. 

Sobre o projeto

A ação surgiu em 2016, a partir da parceria entre o curso de graduação em Psicopedagogia com o programa de Pós-graduação em Neurociência Cognitiva e Comportamento (PPGNeC) e com os cursos de graduação em Psicologia e Fonoaudiologia, além do setor de psiquiatria e neuropediatria do HULW.

Hoje, o projeto conta com uma equipe de 19 integrantes distribuídos da seguinte forma: coordenador, coordenador adjunto, alunos extensionistas (bolsista e voluntário), extensionistas colaboradores externos, além de terapeuta ocupacional, enfermeira da saúde mental, psicóloga, neuropediatra e psiquiatra da infância e adolescência.

Palavras Chave

Saúde

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.