Projeto oferece R$ 400 mil para ensino de empreendedorismo na Paraíba

31
COMPARTILHE

O Sebrae Paraíba prorrogou até o dia 8 de agosto o período de inscrições para que Instituições de Ensino Superior (IES) públicas ou privadas, que sejam credenciados pelo Ministério da Educação (MEC), a apresentem propostas para levar o ensino do empreendedorismo aos alunos. O edital, que pode ser conferido clicando aqui, vai selecionar e apoiar, técnica e financeiramente, dois projetos que promovam a educação empreendedora para os estudantes do ensino superior no Estado.


Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com a analista técnica e gestora do Programa Nacional de Educação Empreendedora do Sebrae Paraíba, Socorro Vasconcelos, a proposta da chamada pública é estimular as instituições de educação superior a adotarem, de modo permanente, o ensino do empreendedorismo.

“O papel da universidade na formação de empreendedores ganha cada vez mais relevância no contexto do ensino formal, por isso é necessário preparar o professor e o estudante para participar de um novo mundo do trabalho no qual a capacidade de iniciativa, flexibilidade e adaptação às mudanças são fundamentais para o êxito profissional”, disse Socorro Vasconcelos.

Para se inscrever, a instituição deve elaborar uma proposta contendo as linhas de ação nas quais deseja trabalhar em parceria com o Sebrae. Caso a universidade já tenha algum produto de ensino de empreendedorismo ou queira desenvolver em conjunto com o Sebrae, também poderá colocar em sua proposta.

Ao todo, vão ser destinados R$ 200 mil para cada projeto aprovado e o prazo de execução de cada convênio poderá ser de até 24 meses, contados a partir da assinatura entre o Sebrae e a IES. A contrapartida da IES no projeto é de 30%.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas