Início Geral

Projetos ajudam a melhorar o aprendizado de crianças em situação de risco, na Paraíba

Mais de 500 crianças e adolescentes que vivem em situação de risco são beneficiadas por projetos sociais em execução em João Pessoa e Poço de José Moura, Sertão paraibano, a 522 km da Capital. As iniciativas buscam aos altos índices de violência letal existentes no estado. De acordo o Mapa da Violência divulgado em 2014, quase 4 milhões de pessoas enfrentam problemas dessa natureza na Paraíba.  

Leia mais Notícias no Portal Correio

Em João Pessoa, o projeto é ‘Educação, Cidadania e Direitos Humanos da Criança e Adolescente’, realizado pela Casa Pequeno Davi, no bairro do Roger. Cerca de 340 crianças e adolescentes com idade entre sete e 17 anos são atendidas pelo projeto. Todas elas vivem em moradias improvisadas, às margens do mangue.

Além de protegê-las das ameaças de violência, a iniciativa busca promover maior envolvimento das famílias e professores na vida escolar e melhorar os índices de permanência nas aulas. As atividades educativas são realizadas no turno alternado ao da escola e compreendem oficinas de leitura, dança, música, teatro e atividades circenses.

Já em Poço de José Moura, cerca de 200 crianças e adolescentes com idade entre 8 e 17 anos são beneficiadas pelo projeto ‘Centro de Cultura, Esporte e Cidadania’, realizada pela Associação Cultural Pisada do Sertão. As pessoas atendidas têm histórico de trabalho infantil, envolvimento de adolescentes em atos infracionais, negligências familiares, violências sexuais e evasão escolar.

O projeto busca reduzir índices de violação de direitos de crianças e adolescentes, ampliar o acesso à cultura e à educação na comunidade e a participação efetiva em atividades culturais e educacionais.

Novas chances

Essas duas iniciativas recebem apoio da Fundação Itaú Social, através de programa que destina parte dos valores arrecadados com imposto de renda para atividades socioeducativas. Novos projetos podem se inscrever e tentar o benefício até o dia 15 de agosto. Serão aceitas propostas voltadas ao acesso à cultura, à arte, à ciência, à tecnologia, ao lazer e ao esporte. As inscrições recebidas serão analisadas durante os meses de agosto a outubro e o resultado final tem previsão de divulgação para 30 de novembro. Acesse o edital e saiba mais sobre a destinação de recursos.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.