Início Geral

Provas do Enem chegam ? PB na quarta-feira; PM e Ex?rcito far?o a seguran?a no estado

Começa na próxima quarta-feira o esquema de segurança para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Estado. Segundo a assessoria da Polícia Militar, os malotes com as provas chegam à Paraíba na quarta-feira e serão escoltados pela PM até os batalhões do Exército em João Pessoa e Campina Grande, onde ficarão mantidos. A novidade na edição deste ano é o uso de detectores de metais nos locais de prova. Na Paraíba, serão 230 mil candidatos e no total do país, mais de 8,7 milhões irão prestar o exame.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O transporte das provas até o local de aplicação e dos cartões de respostas também terá a escolta da Polícia Militar. As provas serão aplicadas nos próximos sábado e domingo (8 e 9), em 58 municípios da Paraíba, 11 a mais que no ano passado. Em relação ao planejamento do ano passado, a Polícia Militar reforçou o efetivo dedicado para a segurança em 300 homens, chegando a 1.500 na operação deste ano. 

A operação de segurança do Enem envolve também o Exército Brasileiro, os Correios e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelas provas.

A Polícia Federal também poderá participar do esquema de segurança, caso seja solicitada. “A PF não participa do plano de segurança do Enem. Atuamos na área de inteligência, prestando apoio aos demais órgãos envolvidos, bem como na apuração de eventuais fraudes ao exame”, esclareceu a assessoria da corporação.

Leia também:

* Tensão pré-Enem requer descanso e boa alimentação; Correio e Motiva dão dicas de como ir bem nas provas

Revista eletrônica de candidatos 

O uso de detectores de metais nos locais de prova é novidade este ano. Segundo a assessoria do Inep, o uso desses equipamentos está previsto no edital do exame, divulgado em maio deste ano, e o objetivo é detectar aparelhos que transmitam informações aos candidatos. No tópico 12.3 do edital, a organização do concurso prevê que “o participante poderá ser submetido à revista eletrônica nos locais de provas, a qualquer momento, por meio do uso de detector de metais”.

No entanto, a assessoria do Inep não divulgou mais detalhes do plano de segurança, alegando que não tinha mais informações além do que está no edital. A instituição irá falar sobre o esquema de segurança do exame nesta segunda-feira, durante uma entrevista coletiva em Brasília (DF).

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.