Início Geral

Quatro recebem alta e uma permanece grave ap?s inc?ndio no P?o de A??car em JP

Uma mulher de 29 anos continua internada  em estado grave após sofrer intoxicação no incêndio registrado no supermercado Pão de Açúcar na noite dessa quinta-feira (3) no bairro de Manaíra, em João Pessoa. Outras quatro pessoas que ainda estavam internadas receberam alta médica na tarde desta sexta-feira (4), conforme boletim médico do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. Vinte e quatro pessoas inalaram a fumaça e ficaram intoxicadas, mas a maior parte delas não ficou em situação mais grave.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Imagens registradas pelo internauta Léo Guimarães e compartilhadas nas redes sociais mostram o rastro de destruição deixado pelo incêndio que atingiu o depósito da rede de supermercado.

As fotos feitas horas depois de debeladas as chamas comprovam a gravidade do fogo que durou horas para ser apagado. Devido à presença de produtos inflamáveis, grandes labaredas se formaram destruindo equipamentos, alimentos e bebidas alcoólicas.

Devido a proporção das chamas, o fogo atingiu a rede elétrica causando a explosão de transformadores deixando cerca de 2,5 mil consumidores sem energia. O fornecimento já foi estabelecido.

Nota enviada pela assessoria do supermercado

Por meio de nota oficial, a direção do Pão de Açúcar em João Pessoa informou que está empenhada no atendimento aos colaboradores, que já foram encaminhados ao hospital, e segue prestando todo atendimento necessário.

Segundo a rede, o incêndio teve inicio na área interna da unidade Bessa. Nenhum cliente foi atingido e os funcionários imediatamente acionaram o Corpo de Bombeiros que se dirigiu ao local. Como consta na nota, a rede de supermercados tem “grande interesse e irá contribuir com os órgãos competentes para investigação e esclarecimento do fato”.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.