Início Geral

Quente? Quent?ssima!

Não tem corpo mole. Aliados dos dois candidatos estão totalmente comprometidos, batendo de porta em porta, conversando, pedindo e tentando convencer os eleitores a votarem aquele que apoiam. Nenhum dos lados se acha em condições de reduzir o ritmo.

Mesmo os ‘cristãos novos”(os que aderiram no 2º turno), estão mergulhando na campanha, ao contrário do que acontecia no passado, quando os apoios consistiam em declarações, entrevistas e apelos aos eleitores nos espaços da propaganda eleitoral.

Os dois maiores colégios eleitorais do Estado são exemplos dessa disputa por votos. João Pessoa e Campina Grande, cidades dos candidatos Ricardo Coutinho e Cássio Cunha Lima, e já governadas por eles, são cobiçadas porque juntas têm 187.454 eleitores que podem ser conquistados, uma vez que no 1º turno não votaram em nenhum dos finalistas.

Em João Pessoa, onde o PSB é mais forte e ainda conta com a militância do PT, que controla a Prefeitura, o deputado Ruy Carneiro, que é o vice-governador de Cássio, comanda o exército que defende o tucano, e tem generais como o ex-prefeito Luciano Agra.

Em Campina, onde o PSDB fez história estabelecendo recordes de votação, Ricardo Coutinho passou a contar com o ex-prefeito Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), o mais votado na cidade para deputado federal e que está percorrendo os bairros pedindo votos para o pessebista, numa disputa de poder com o atual prefeito Romero Rodrigues e seu vice, Ronaldo Cunha Lima Filho, que se licenciaram dos cargos para fazer campanha em tempo integral.

Como eleição se ganha também desmistificando o adversário, o deputado Caio Roberto (PR), aliado de Cássio, propôs na Comissão de Orçamento da Assembleia a convocação da ex-secretária de Finanças do Estado, Aracilba Rocha para depor sobre a afirmação que fez no Facebook sobre desvios na Suplan. Ele espera que ela detalhe e prove o que disse. Se puder atender o deputado, vai tumultuar a campanha do Governador.

Se na frente política está assim, na jurídica não é diferente. Cássio tenta acuar Ricardo com ações que alegam abuso de poder político e conduta vedada por uso da Granja Santana na campanha eleitoral.

Faltam apenas 10 dias. Até lá, a temperatura só vai aumentar.

Banner Rodapé

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.