Moeda: Clima: Marés:
Início Esportes

‘Racha da Amizade’ entre Treze e Campinense completa nove anos

Engana-se quem pensa que a rivalidade do Clássico dos Maiorais acontece somente em jogos de times oficiais. Em Lagoa Seca, há nove anos acontece o clássico todos os finais de semana pelo Racha da Amizade e nesta quarta-feira (1°), se comemora o nono aniversário do grupo. Um dos fundadores e presidente da equipe é Esquerdinha, que pensou em todos os detalhes para esse momento de confraternização.

Diferente dos demais clássicos nos rachas, em que os atletas defendem a camisa que torce, no Racha da Amizade isso não acontece. A cada dois meses os times são remontados e os capitães de cada um escolhem os jogadores da sua seleção. Além disso, atletas em atividade e ex-atletas também participam da equipe.

O clássico de comemoração aconteceu domingo (28), antecipando a festa entre os próprios jogadores. Na quarta-feira, o jogo oficial do aniversário será amistoso entre o time Cruz de Malhadinha, onde a equipe do Campinense desse bimestre jogará contra o time titular do adversário, e o Treze enfrentará a equipe aspirante do Cruz de Malhadinha.

Os atletas que aproveitam os momentos de férias para participar do Racha da Amizade são Erivan e Gustavo que estão no Campinense, Jairo Paraíba que está no Asa de Arapiraca/AL e Daniel que está no Murici/AL. Já os ex-atletas que jogam são Adelmo e Moura que são ex-Treze, Wagner que é ex-Campinense, Toni Fumaça que é ex-America Mineiro, Pelé que é ex-Botafogo e Silva que atuou no futebol português.

Desde 2015, o racha tem uma sede que foi constituída pela diretoria e pelos atletas, mas os jogos acontecem no campo do Marista, onde eventualmente o Campinense treina até que o gramado do estádio Renatão fique pronto. Esse momento de confraternização e comemoração tem grande importância para Esquerdinha que idealizou e sonhou com um racha que há nove anos existe e que com o passar dos anos acontece de forma mais concreta, sendo reconhecido pelos grandes times do estado.

“Desde nossa fundação, fazemos a rivalidade do Clássico dos Maiorais, Treze e Campinense, que é a nossa origem. Lagoa Seca também tem o clássico e ficamos carinhosamente conhecidos por isso. Para mim, é um prazer ter fundado um racha na brincadeira que hoje é tão reconhecido e completa nove anos de história. Além disso, conseguir fundar nossa sede que há três anos está funcionando, é a maior das realizações do nosso grupo”, disse Esquerdinha.

Nesses nove anos, quem levou a melhor nos campeonatos foi o Alvinegro, apesar de que em 2012 não houve campeão. O Treze é considerado pentacampeão, erguendo as taças nos anos de 2010, 2011, 2013, 2017 e 2018. O Campinense está ficando para trás e ergueu a taça somente três vezes consecutivas, nos anos 2014, 2015 e 2016.

* Lídice Pegado, do Jornal CORREIO.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.