Início Geral

R?dio 98 FM Correio Sat conquista pr?mio nacional com s?rie sobre a PEC das dom?sticas

A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (ANAMATRA) divulgou hoje (12/11) o nome dos jornalistas vencedores do Prêmio Anamatra de Direitos Humanos 2014. Entre eles estão profissionais do Diário do Nordeste, Rede Record, Jornal O Povo (CE) e Rádio 98 FM/Correio Sat – João Pessoa na qual a repórter Mislene Santos é uma das profissionais premiadas.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

A repórter do Sistema Correio de Comunicação conquistou o mérito representando a equipe de radiojornalismo da 98 FM Correio Sat através da série especial intitulada ‘Marcas do lar’, realizada em razão da aprovação da PEC das Domésticas, apresenta o ciclo de vida de trabalhadoras na Paraíba, vítimas de trabalho infantil doméstico, histórias de violência e humilhações e violações de direitos.

A solenidade de premiação acontecerá no dia 27 de novembro, no Centro Cultural Justiça Federal, no Rio de Janeiro (RJ), e terá como mestre de cerimônias a atriz Dira Paes, dirigente do Movimento Humanos Direitos (MHuD), entidade apoiadora do Prêmio este ano.

O jornalista vencedor em cada subcategoria receberá premiação em dinheiro no valor de R$10.000,00 e a estatueta inspirada no “Cilindro de Ciro”, artefato de barro de 539 a.C, que tem sido valorizada positivamente por seu sentido humanista e é considerada a primeira declaração de diretos humanos da História.

O objetivo da Anamatra com o Prêmio é valorizar e incentivar ações e atividades realizadas por pessoas físicas e jurídicas comprometidas com a promoção efetiva da defesa dos direitos humanos no mundo do trabalho.

Na avaliação da diretora de Cidadania e Direitos Humanos, Silvana Abramo, a qualidade dos trabalhos recebidos este ano demostra que o objetivo da Anamatra com a iniciativa mais uma vez foi cumprido. “A cada edição o Prêmio inova e agrega valores e novas ideias. Recebemos trabalhos relativos aos mais variados temas e de diversas regiões do país, demonstrando que o envolvimento, vigor e a criatividade de profissionais e organizações da sociedade civil na defesa intransigente dos direitos humanos e o compromisso com o combate às desigualdades no nosso país se fortalece permanentemente, não admitindo retrocessos e avançando cada vez mais”, afirma.

Além dos premiados, a Comissão de Direitos Humanos distinguiu jornalistas que receberão menções honrosas, pela relevância da iniciativa dentro da temática ampla dos direitos humanos (inclusive além do mundo do trabalho). Os escolhidos receberão uma placa de homenagem, que será entregue na solenidade de premiação.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.