Início Economia

Reajuste da tarifa de ônibus é suspenso por 60 dias em João Pessoa

Decisão sobre a manutenção dos preços ocorreu após um acordo firmado entre a Semob-JP e o Sintur-JP

Está suspenso por pelo menos 60 dias o reajuste no preço das passagens de ônibus em João Pessoa, que atualmente é de R$ 4,15, sendo R$ 4,00 para usuários do cartão Passe Legal. A informação foi confirmada na manhã desta terça-feira (2) pela assessoria de imprensa da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP), a partir de declarações do superintendente George Morais.

Leia também:

Segundo a Semob-JP, a decisão ocorreu após um acordo firmado entre o órgão municipal e o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros no Município de João Pessoa (Sintur-JP). O diretor da entidade, Isaac Junior Moreira, confirmou que a proposta é manter o preço da passagem cobrado atualmente.

Como é fechada a tarifa de ônibus

O reajuste tem por base a planilha de custos do transporte público, que recebe o impacto de itens como combustível, peças, pneus, quilometragem percorrida pela frota, além da previsão de reajuste salarial dos operadores. A planilha é analisada pelo Conselho de Mobilidade Urbana.

Conselho de Mobilidade Urbana de João Pessoa

Integram o Conselho a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), o Sindicato dos Condutores de Veículos Rodoviários e Trabalhadores em Transportes Urbanos de Passageiros de João Pessoa, a Junta Governista do Sindicato dos Motoristas, o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros no Município de João Pessoa (Sintur-JP), o Diretório Central dos Estudantes da UFPB (DCE/UFPB), o Conselho Universitário de Carteiras – CUC, representante universitário da rede privada, o Conselho Metropolitano de Carteiras de Estudantes – CMCE, além de representante secundarista das redes pública e privada.

Também participam membros da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) e das Secretarias de Planejamento (Seplan), Infraestrutura (Seinfra), Meio Ambiente (Semam) e de Educação e Cultura (Sedec), além do Orçamento Participativo.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.