Início Geral

?reas de lazer e varanda podem abrigar focos da dengue em condom?nios; veja outros locais

Embora muitas pessoas acreditem que apenas em casas com jardim e quintal podem ter focos do Aedes aegypti, dentro dos apartamentos também existem lugares que podem acumular água e se tornarem criadouros do mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Os técnicos de vigilância ambiental orientam onde procurar os criadouros do mosquito dentro dos apartamentos. São possíveis focos: potes de água para animais, floreiras em varandas, reservatório de água para pássaros, dependência de empregada pouco utilizada (pia e vasos sanitários), área de serviço (atrás da máquina de lavar roupa), aparador de água de filtros de parede, hortas e vasos nas janelas e sacadas.

Nas áreas comuns dos condomínios residenciais podem ser focos: piscinas e hidromassagem sem cobertura, churrasqueiras, play, floreiras, lava pés de piscinas, bromélias em jardins, instalações de salão de festas, banheiros e copa.

Eliminar os focos de água
parada é a melhor forma de se combater o Aedes Aegypti. É na água parada que o
mosquito se reproduz, aumentando as chances de proliferação da dengue e da
zika.   

De acordo com Nilton Guedes, gerente de Vigilância Ambiental de João Pessoa, a eliminação dos criadouros do mosquito também é uma responsabilidade da população. “Quando há um cuidado de eliminar a água parada de sua residência é uma forma de manter sua família protegida. Muitas vezes nem sendo necessário o agente de saúde ambiental utilizar larvicida”, disse.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.