Início Geral

Renomados músicos internacionais promovem workshops, em JP

A maneira correta de segurar o arco, de tocar as cordas, de extrair melhor o som do violoncelo e do violino. Sob a supervisão do violoncelista inglês Michael Stirling e da violinista italiana Isabella Piccioni, estudantes de música de João pessoa puderam se aprimorar com esses renomados professores em duas masterclasses realizadas na manhã desta terça-feira (29), tendo como cenário o complexo histórico Casa da Pólvora, formado pelo belo monumento e um centro cultural.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

As atividades integram a 4° edição do Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa, que acontece até sábado na capital paraibana, numa promoção da Prefeitura Municipal de João Pessoa, através de sua Fundação Cultural (Funjope) com patrocínio do BNDES e Ministério da Cultura.

Violoncelista norte-americana, radicada há dois anos em João Pessoa, onde faz mestrado em Música, Leah Dutton, 23 anos, ficou encantada com a possibilidade de ter aulas com Michael Stirling, spalla da Filarmônica da Rádio Holandesa e professor no Conservatório de Amsterdã, depois de ter se apresentado na Orquestra Filarmônica de Londres e na Filarmônica Real.

“É uma ótima oportunidade, já que é difícil ter aulas assim, de graça, até mesmo nos Estados Unidos”, comenta Dutton. “Michael Stirling toca muito bem, é super amável. Ensinou a parte técnica, o melhor jeito de tocar, a postura ideal”, resume a estudante.

A poucos metros dali, a estudante Mihaela Claudia, de 16 anos, encerrava, empolgada, sua masterclass com a violinista Isabella Piccioni. “Ela ensina com paciência e dedicação”, conta a estudante. “Corrige a postura, corrige o arco, coisas mínimas, mas que fazem toda a diferença na música”.

A musicista italiana, por sua vez, não se cansou de elogiar os alunos. “Eles são muito bons, muito dedicados”, responde, em inglês. “Eu acho que eles entenderam o que eu quis transmitir, que não se trata apenas de técnica, mas da maneira como o aluno procura se aperfeiçoar”.

Para a italiana, que estudou música de câmara com o famoso Quarteto Amadeus, de Londres, e atualmente é spalla da Orquestra Filarmônica de Nice, na França, a atitude é muito importante. “Não adianta se estressar, ter uma postura negativa. Isso não resolve. O fundamental é ser prático e pensar: o que eu posso fazer para me tornar um músico melhor?”, avisa.

Próximas aulas – As masterclasses seguem até sexta-feira (2), sempre as 10h, entre o Hotel Globo, Casa da Pólvora e Igreja de São Francisco. As inscrições, todas gratuitas, foram encerradas semana passada, mas ouvintes podem participar e acompanhar as dicas, que tem tradução simultânea.

Nesta quarta-feira (30), haverá novos masterclasses de violino e violoncelo, desta vez com o brasileiro Alessandro Borgomanero e outro inglês, David Gardner respectivamente. Na quinta (1), é a vez dos paraibanos terem workshops de violino com a holandesa Rosanne Philippens e viola com o italiano Juan Lucas Aisemberg, e de piano com a albanesa Mirsa Adami.

Na sexta-feira (2), Alberto Johnson, brasileiro radicado há 30 anos na Holanda e diretor artístico do festival vai ministrar masteclass de violino e a russa Anastasia Feruleva de violoncelo e a saxofonista holandesa Femke Ijlstra vai compartilhar sua notável técnica, mostrara para uma Igreja de São Francisco lotada na última segunda-feira.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.