Início Geral

Renovando os ares

Após uma semana em que o ex-presidente Adriano Galdino e sua gestão chamaram a atenção na Assembleia Legislativa, após ele próprio anunciar que “daria nomes aos bois”, se referindo a convites para trair o atual presidente, Gervásio Maia, os deputados ganham dez dias para visitar suas bases. Motivo alegado pela Mesa Diretora: conserto do sistema de ar-condicionado da Casa. Assim, enquanto os equipamentos passam por manutenção, os parlamentares renovam o ar e visitam seus redutos eleitorais.

Será uma Semana Santa de descanso para os parlamentares, que só retornam ao trabalho na Casa em 17 de abril, quando será, pela tradição católica, o Tempo Pascal. Se confirmar o anunciado, Adriano Galdino deve voltar com tudo à tribuna legislativa após o encerramento da Quaresma, e de sua quarentena.

A depender das declarações do atual presidente, Gervásio Maia, tudo já está resolvido e a semana será realmente santa, de reflexões, descanso e orações.

Apesar da fala pacificadora de Maia, ainda nesta última semana, uma intimação pelo Tribunal de Contas do Estado para que a Mesa da Assembleia pode reverter o quadro de calmaria por ele declarado.

O TCE determinou que a ALPB envie documentos relacionados a contratos de pessoal, veículos, imóveis, empresas prestadoras de serviços e até a verba indenizatória destinada aos deputados nos últimos dois anos, período em que Galdino presidiu a Casa.

Pelo jeito, os deputados, principalmente os que estão no comando ou geriram a Casa, devem aproveitar bem esse período de descanso para recarregar as baterias para embates que podem acontecer na segunda quinzena do mês. Aliás, não bastasse o climão entre os governistas com as declarações dos dois socialistas, os opositores prometem incomodar nas discussões sobre o orçamento em exercício e a preparação do que será no próximo ano.

A oposição também deve voltar a cobrar a instalação da CPI para investigar o Empreender PB. A deputada Camila Toscano declarou que irão à Justiça para reverter arquivamento pelo presidente Gervásio Maia.

Bem, será uma semana de inatividade na sede do Legislativo Estadual, mas a expectativa para o seu retorno vai além dos interesses do povo da Paraíba.

Na terra de Nossa Senhora das Neves, dias de orações, confissões e cortejos. (Damásio Dias)

TORPEDO

Quero lembrar ao governador e até fazer um apelo para que ele também reconheça que a Universidade Estadual da Paraíba é um patrimônio do nosso povo. Ela é responsável por levar um bem que ninguém pode nos tirar: o conhecimento.

Do deputado Tovar Correia Lima, cobrando providências ao governador Ricardo Coutinho para a manutenção da UEPB.

Troca de bandeira

O PSB filia hoje à tarde, a ex-prefeita de Pombal, Polyanna Dutra, que deixou o PT. Lideranças socialistas prometem festa, às 15h, na Câmara Municipal. Ela deve concorrer a uma cadeira na Câmara Federal, em 2018.

Surpreendido

O presidente do PT, Charliton Machado, se disse surpreso com a saída da ex-prefeita. A legenda soube por terceiros da desfiliação. “Infelizmente esse tipo de postura não agrega a trajetória política de ninguém”, disse.

Organização

A presidente estadual do PMB, Evani Ramalho, recebeu em João Pessoa a vice-prefeita de Pocinhos, Maisa, e a vereadora de Mari, Vânia. Na pauta, o fortalecimento da legenda e organização para as eleições do próximo ano.

100 dias

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, comemora na segunda-feira os 100 primeiros dias do segundo mandato com a 776 unidades habitacionais no Residencial Nice Oliveira, em Paratibe. Se gabaritando para 2018.

ZIGUE-ZAGUE

O secretário Luís Tôrres (Comunicação Institucional) disse ontem que o Governo vai manter o repasse do duodécimo da UEPB, de R$ 24 milhões por mês.

Ele explicou que do valor mensal, R$ 2 milhões estão sendo destinados a conta específica, como reserva para o pagamento do 13º salário dos professores e funcionários.

Damásio Dias – interino

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.