Início Geral

Representantes da Paraíba, irmãos gêmeos fazem sucesso no vôlei de praia dos Jogos Escolares

Os gêmeos da Paraíba. Assim são conhecidos os irmãos Rafael e Renato Andrew, uns dos destaques do torneio de vôlei de praia dos Jogos Escolares da Juventude, etapa de 15 a 17 anos, em João Pessoa. A dupla venceu suas três primeiras partidas e seguem em busca do título inédito na competição após o vice-campeonato no ano passado, quando foi derrotada na final por uma parceria do Rio de Janeiro.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

Naturais do Pará, Rafael e Renato chegaram a João Pessoa com seis anos de idade e deram seus primeiros passos no vôlei incentivados pela mãe e pelo irmão mais velho, que também praticavam a modalidade.

“O apoio que eles têm da família é realmente muito importante. Como a mãe e o irmão também jogavam vôlei, eles entendem e incentivam Renato e Rafael. Eles fazem de tudo para ajudar”, disse o técnico da dupla, Alexander Fragoso.

Em sete de anos de parceria, a dupla já alcançou conquistas importantes. No ano passado, Rafael e Renato foram campeões do Mundial Escolar, de 15 a 16 anos, e neste ano foram vice-campeões brasileiros sub-19. De quebra, Renato ainda foi considerado o melhor jogador do Mundial Sub-19, disputado no Chipre.

Em sua terceira edição dos Jogos Escolares da Juventude, Rafael garante que o fato de serem irmãos só ajuda na hora da competição.

“Nos entendemos muito bem e vejo que as outras duplas não têm o mesmo entrosamento que nós temos”, disse o aluno-atleta, que também elogiou a estrutura dos Jogos Escolares. “É um evento muito bom, ótimo para conhecer pessoas e adquirir mais experiência para seguir na carreira”.

E quem pensa que a dupla se despede da competição com o fim do torneio de vôlei de praia, no domingo, está enganado. Os irmãos gêmeos também vão jogar no vôlei de quadra, que começa na terça-feira. Mas o técnico entrega:

“Eles são ótimos no vôlei de praia, mas na quadra é diferente. É bom que fiquem na areia mesmo”, disse Alexander Fragoso, sorrindo.

O treinador, no entanto, não esconde que sentirá falta da dupla no ano que vem. Como completam 17 anos em dezembro, Rafael e Renato não estarão nos Jogos Escolares da Juventude em 2018.

“Vou sentir saudade dos dois. Além de ótimos atletas, são bons garotos também. Muito humildes e pés no chão. Vão longe no esporte”, afirmou o técnico e admirador.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.