Início Geral

Representantes de Cabo Verde visitam CG para conhecer combate à microcefalia

Uma comissão de representantes do governo de Cabo Verde, país africano, está em Campina Grande para conhecer o trabalho de enfrentamento à Síndrome Congênita do Vírus Zika realizado no município.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A comissão visitou o Hospital Municipal Pedro I, onde funcionava até esta semana o Ambulatório Especializado em Microcefalia, um dos primeiros de todo o país a oferecer fisioterapia, reabilitação motora e cognitiva para as crianças com a síndrome, além do acompanhamento psicológico e social para as famílias.

Desde essa quarta-feira (1º), o ambulatório passou a funcionar no Centro Especializado em Reabilitação, no bairro do Bodocongó, que oferece completa estrutura para favorece avanços da recuperação das crianças.

Depois de visitar o Pedro I, os visitantes ouviram dos representantes da Secretaria Municipal de Saúde quais foram as estratégias adotadas em todas as áreas com relação ao problema.

À tarde os visitantes conhecerão uma creche que está sendo capacitada para receber crianças com microcefalia e o Complexo Habitacional Aluízio Campos, onde as famílias têm prioridade na aquisição de unidades habitacionais.

Nesta quinta-feira (2), os representantes de Cabo Verde estarão acompanhando o trabalho de uma Unidade Básica de Saúde na assistência a gestantes.

“Campina Grande tem uma rede de inclusão com educação, saúde e assistência social e este é o nosso maior desafio em Cabo Verde. Está sendo importante conhecer a experiência e os resultados positivos daqui, porque já tivemos 18 casos confirmados de microcefalia por Zika no nosso país”, explicou a assistente social do país africano Mônica Furtado.

A representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Maria de Lourdes Magalhães, disse que Campina Grande foi escolhida como local de visitação porque já é um centro de referência no assunto.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.