Parede de reservatório rompeu em JP (Foto: Imagem compartilhada no WhatsApp)

Reservatório rompe e derruba parte de muro da Cagepa em João Pessoa

2807
COMPARTILHE

Um reservatório de água estourou e derrubou parte do muro lateral da sede da Companhia de Água e Esgotos (Cagepa), na Avenida João Machado, em João Pessoa, na tarde deste domingo (24). As causas do incidente ainda são desconhecidas, segundo a estatal.

Água, blocos de concreto e outros entulhos foram lançados à pista por conta do impacto causado pelo rompimento do reservatório. Um corretor de automóveis que passava pelo local contou à TV Correio que ficou muito assustado, pois por pouco não acabou ferido por algum dos destroços. O carro dele, no entanto, ficou cheio de água e foi atingido por pedaços do muro do prédio da Cagepa.

Os entulhos atrapalharam o tráfego de veículos na Avenida João Machado. Agentes da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) foram ao local para ajudar na desobstrução do trânsito. A rua não precisou ser interditada.

Em nota à imprensa, a diretoria da Cagepa informou que instaurou uma comissão de técnicos para investigar as causas do incidente. O texto ressalta que “apesar dos impactos, foram causados apenas danos materiais”. Devido ao rompimento da parede do reservatório, o abastecimento de água nos bairros Jaguaribe, Centro, Varadouro, Roger, Tambiá, Alto do Céu, Salinas Ribamar, Porto de João Tota e Vem-Vém precisou ser interrompido.

“Técnicos da Cagepa estão trabalhando para retomar parcialmente fornecimento de água nas áreas afetadas. Enquanto os serviços estiverem sendo executados, o abastecimento de água nessa região funcionará de forma intermitente, ocasionando interrupções temporárias. A previsão é de que normalização total do sistema ocorra até o final desta semana”, acrescenta o comunicado.

Segundo a Cagepa, moradores das localidades afetadas podem tirar dúvidas pelo telefone 115, que também atende ligações de celular.

* Com colaboração de Ludmila Costa, da TV Correio.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas