Início Geral

R?mulo quer apoio e voto de C?cero Lucena, caso senador n?o dispute reelei?

Presidente estadual do PSD e vice-governador do Estado, Rômulo Gouveia, afirmou, na noite desta segunda-feira (05), que espera contar com o apoio e com o voto de Cícero Lucena (PSDB), caso o atual senador ‘tucano’ não consiga disputar a reeleição. Mesmo sem querer comentar sobre a situação de Cícero no PSDB, Rômulo admitiu que vai conversar com o ex-governador e espera tê-lo no palanque nos principais colégios eleitorais do Estado, como João Pessoa e Campina Grande.

O vice-governador Rômulo Gouveia foi o entrevistado do programa Rede Debate, da RCTV (canal 27 da Net Digital). Ele foi sabatinado pelos jornalistas Hermes de Luna, Lena Guimarães, Heron Cid e Wellington Farias. 

Pré-candidato a senador, Rômulo Gouveia disse que se sentia “aliviado” por ter decidido criar uma nova legenda partidária no Estado, o que o livrou de situações semelhantes a de Cícero Lucena, que tem a candidatura rifada dentro do próprio PSDB, mesmo com mandato e despontando nas pesquisas como um dos favoritos na corrid pela única vaga do Senado. 

A pesquisa divulgada no dia 27 de abril pelo jornal Correio da Paraíba aponta liderança do ex-governador José Maranhão (PMDB), na consulta estimulada, com 22,7% contra 12,7% do atual senador Cícero Lucena (PSDB). O próprio Rômulo Gouveia tem 10,4% e Wilson Santiago (PTB) aparece com 8%.

Durante a entrevista, o vice-governador revelou que o presidente nacional de sua legenda, o ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, estará em João Pessoa no próximo dia 22. Ele será um dos palestrantes do curso de formação de lideranças políticas que será promovido pelo Partido da Social Democracia.

O vice-governador, questionado por um telespectador pelas redes sociais da RCTV (@RCTV_canal27), disse que o PSD da Paraíba ainda decidirá sobre apoio à uma das pré-candidaturas a presidente da República. “Eu recebi total autonomia de Gilberto Kassab para decidir quem apoio para presidente”, comentou.

Rômulo Gouveia disse ainda que sua contribuição como candidato a senador já foi dada e que não se arrepende de ter seguido o projeto político/administrativo do atual governador do Estado, Ricardo Coutinho. “Desde 2012 sou pré-candidato ao Senado”, acentuou.

Para ele, não há motivos para especulações sobre uma troca de nomes na disputa de senador na chapa encabeçada pelo PSB. Rômulo disse que o governador não é “um homem de dubiedades” e que tem reafirmado seu compromisso com sua pré-candidatura.

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.